terça-feira, 28 de novembro de 2006

"not getting any?", perguntou o Julio

...ao qual a Inha deu o mote por mim. Visto ter um filho e que eu saiba nenhum na barriga, aqui vai a resposta:
"O Acto Sexual é para fazer filhos" - disse ele (João Morgado, deputado do CDS / PP)
"Já que o coito
- diz Morgado -
tem como fim cristalino,
preciso e imaculado
fazer menina ou menino;
e cada vez que o varão
sexual petisco manduca,
temos na procriação
prova de que houve truca-truca.
Sendo pai só de um rebento,
lógica é a conclusão
de que o viril instrumento
só usou - parca ração! -
uma vez.
E se a função
faz o orgão - diz o ditado -
consumada essa excepção,
ficou capado o Morgado."
----
Vejam lá que até a defunta já falava das gentes e costumes cá de casa!

4 comentários:

  1. Haja sentido de humor, (ca falta de pachorra)!:D)))))


    Obrigada pela referência;) Aproveito aqui para agradecer também ao meu fornecedor de cebolas e óleo fula que tantos e tão bons orgamos me tem proporcionado...:P

    ResponderEliminar
  2. O pior é para quem se casa com o Morgado, digo eu... E daí, não, há sempre tipos generosos e abnegados como eu, para ajudar a resolver essas delicadas e sempre sensíveis questões matrimoniais...


    PS - As brejeirices da Natália fazem falta ao Parlamento sisudo que vamos tendo. Paz à sua alma.

    ResponderEliminar
  3. estás a deixar o teu marido ficar mal visto... mas por acaso ainda ontem dizia alguém: "qd se fala mt, faz-se pouco". Aliás já o outro diz há muito tempo: "falam falam, falam falam... mas não os vejo a fazer nada..."... e é claro que FICO CHATEADA!

    ResponderEliminar
  4. Ó cara colega, então tu querias ver-nos "a não fazer nada" cá em casa? Não te sabia com tendências voyeuristas :P

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.