quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Está a frustrar-me, a sério...

Há um desafio que não estou a conseguir superar. É composto por quatro histórias que até me estão a agradar, espraiadas por 870 páginas, mas o danado do coiso não é fácil de pegar. Literalmente. E especialmente quando estou deitada. Eu desconfio que é por isto que eu não adianto a tarefa ao ritmo desejado. 
Continuo a gostar do realismo detalhado, austeriano e quase cinematográfico que leva a minha imaginação a visualizar todos aqueles momentos domésticos e urbanos, americanos.

4 comentários:

  1. Tem que arranjar uma máquina para segurar o livro e virar as páginas 😆

    ResponderEliminar
  2. Only Mafy, pois acho que sim! Há que aproveitar os saldos! Mas caraças, será que já alguém inventou uma coisa dessas para gente preguiçosa?

    ResponderEliminar
  3. Sorna nada, ora!
    Estou a ler 870 páginas; isto não é sinónimo disso!

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.