quarta-feira, 7 de março de 2018

Um "Supunhâmos"

Um dia lembram-se de trocar de carro. Qual a marca e modelo eleitos? Porquê?

Limitações a considerar na escolha final:
- não pode ser a gasolina;
- tem que transportar cinco pessoas, pelo menos;
- tem que ter uma bagageira igual ou maior do que a da viatura atual (V50)

E pronto. Uma ajudinha seria bem-vinda. 

21 comentários:

  1. Os híbridos são a gasolina...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas há híbridos a gasóleo, X; ou não? :)

      Eliminar
    2. Não os que interessam... (os carros a gasóleo vão desvalorizar como se não houvesse amanhã).

      Eliminar
    3. Sim, sabemos disso. Mas a pergunta inicial continua por responder...Caso o comprasses amanhã (literalmente)?

      Eliminar
    4. Escolheria um híbrido «a sério» -- ou seja, dos que conseguem fazer um percurso citadino completo com recurso apenas à reserva da parte elétrica, sem gastar combustível. A autonomia elétrica em percurso diário seria um parâmetro mais importante do que ser a gasóleo ou gasolina (mas dentro dos padrões das emissões atuais, isto implica, quase de certeza, gasolina).

      Eliminar
    5. A sério, Xilre?? Obrigada, sim?

      Eliminar
    6. Ora essa, nada que agradecer. [Evidentemente, a escolha de marca e modelo depende de um conjunto de considerações que transcende o espaço (e a vocação) de uma caixa de comentários.] :)

      Eliminar
  2. E eu a pensar que tinha feito uma pergunta objectivamente simples e directa, bolas!

    ResponderEliminar
  3. Olha que tema tão atual :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atual? Saiu em algum noticiário e eu não dei conta?
      E que tal responderes à questão, Nessinho? Duas palavras apenas...é possível? :P

      Eliminar
  4. Olha, eu comprei Opel Astra Sports Tourer. 1.7cc 125kv, diesel.
    Estou satisfeito.
    (sim, os outros continuam cá em casa)

    ResponderEliminar
  5. Tá bem. Mas pergunto-te: para que queres todos os outros se só consegues conduzir um de cada vez? Homens e as suas pilas...enfim!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um continua a dar despesa, mas é conduzido pelo filho que achou que lhe saía mais barato do que comprar um para ele e o outro é da MQT.

      Eliminar
    2. O teu filho raciocina bem :)

      Eliminar
    3. Sai ao pai!
      (a diferença é que o avô não tinha um BMW, mas também não se portou mal)

      Eliminar
  6. O teu pai tinha um Opel Kadett castanho? Um Fiat 127? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um Datsun 1200, nada mau! (também tinha um Mercedes 170, mas o Datsun era mais "radical" eheh)

      Eliminar
  7. compra um tesla. modelo S :D

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aleluia! Finalmente alguém que não complica! Eu sabia que podia contar contigo, R. :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.