quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Compras por impulso

Vejo, gosto, apetece-me, pondero, posso, compro. É muito assim. Daí não ser grande fã das várias épocas de saldos e promoções nem ter paciência para andar a percorrer quinhentas lojas à procura do mesmo tipo de artigo. Seja roupa, livro, víveres, artigos para a casa ou Legos.

Legos...pois. Bastou cruzar-me com um certo amigo viciado neles, já eu estava de saída do hipermercado. Demos dois dedos de conversa e foi o suficiente para dar meia volta e os três -, eu, o meu amigo e o amigo dele - trazerem três caixas iguais pelo preço de duas. Não há coincidências mesmo que eu tenha sido impulsiva!

2 comentários:

  1. "Taver" já parece mesmo a Sra. D. Dolores CR7 Aveiro. Vê, gosta, o filho pode, ... compra! Ser Mãe de uma vedeta do desporto é assim....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, Anónimo, é possível que seja assim. Mas não é o meu caso, apesar de eu ser Mãe. :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.