domingo, 25 de setembro de 2016

Arraial à chuva

Não que não tivesse sido prevista e a informação não tivesse sido partilhado com os jovens que, estando por sua conta em plena aldeia minhota, decidiram dar um ar de sua graça nos carrinhos de choque e nas tascas das bifanas e dos churros.

Às 23 horas, quando o fomos buscar a casa da "anfitriã" da aldeia, deparámo-nos com oito pares de calçado no hall de entrada, oito jovens com a roupa bastante húmida, meias molhadas espalhadas no chão e caras de semblante desiludido. Deve ter sido do choque pluvial...

Acho que tão cedo não haverá arraiais para ninguém.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.