sábado, 13 de agosto de 2016

A minha primeira vez

Fiz canoagem. Durante trinta minutos. Na companhia do rapaz, que remava bem mais depressa do que eu. Nunca estivemos em sincronia. Não virámos a canoa nem perdemos os remos. Andámos a mais de 100 metros de uma das margens e a menos de 50 da outra. Não me atrevi a chegar a essa outra margem, pois a distância à de partida aumentava cada vez mais. Nessa altura senti medo. Lá no meio da água, nem por isso. E estava-se mesmo muito bem, a sentir a brisa fluvial que quem estava na areia e na relva não sentiam. Gostei!

2 comentários:

  1. Andar de canoa ou de barco a remos - fui remador na juventude - é do melhor que há.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou menina para repetir a façanha, Fernando. E mais tempo do que a meia-hora (a outra meia-hora ficou para o MQT.):)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.