quarta-feira, 22 de junho de 2016

O primeiro de muitos

Jantar de turma, totalmente combinado entre os participantes via chat de turma, em local da cidade afamado e apropriado a grupos grandes, com direito a animação musical pós-paparoca. De reter que nenhum deles tem mais de 14 e menos de 13 anos.
Gostava de ter a capacidade da ubiquidade (sempre quis usar esta palavra cara aqui) invisível. Tendo em conta que estamos a atravessar as festas de S. João, e que em meia hora a pé se poem na Avenida, prevejo que a noite seja mais longa do que é habitualmente.
E não só para os mais jovens.

2 comentários:

  1. Vai ser mais longa, vai. E vais corroborar um estudo que ontem vi noticiado, segundo o qual cada um de nós consulta o telélé 40 vezes por dia :)

    Qual é o acordo que coloca um hífen na meia hora? :P

    ResponderEliminar
  2. Ness, mais uma vez erraste tu e eu. Não foi mais longa, não: nem ele entrou em casa depois das 23:40 nem eu consultei o telelé 40 vezes por dia ou durante as horas de ausência dele. Ele fez o que combinou comigo apenas e eu não me apoquentei nadinha. :)

    Hmmm, não faço a mínima. Está mal escrito? Se está, eu corrijo. Ou há de facto algum acordo que fale sobre esta palavra e que me está a escapar?

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.