sexta-feira, 22 de abril de 2016

Vai sair asneira

Que conselho dariam a uma mãe cujo filho pretende fazer a declamação e respectiva interpretação, numa aula de Português de oitavo ano, dum poema de Bocage?

6 comentários:

  1. Eu daria o conselho ao filho, não à mãe!

    ResponderEliminar
  2. Eu também começaria pelo filho.

    ResponderEliminar
  3. Bem, essa parte, de aconselhar o filho, já aconteceu e ainda está a acontecer, pois estou a tentar demovê-lo da escolha, mencionando outras opções. Mas o rapaz está a achar imensa piada a certas palavras...a ver vamos como isto corre.

    ResponderEliminar
  4. Eu punha-lhe nas mãos a boneca insuflável que o pai guarda atrás do armário de outras ferramentas que está na garagem. Sucesso garantido e carreira promissora na indústria porno-coisa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mano, nas mãos de mãe?? Nas minhas? Mas para que raio queria eu a boneca? Além disso, se ela existe, não é na garagem, com toda a certeza, pois esta está completamente vazia :P

      Eliminar
  5. Bocage? Isso é muita mão de obra para gerir! Mas o homem escreveu muito, e nem tudo,tal como ficou bastante conhecido!!
    boa sorte e bom fim de semana.

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.