quinta-feira, 17 de março de 2016

Uma única palavra

Uma única palavra - "Foda-se!" - estragou a imagem que eu tinha da pessoa. Recuso-me a acreditar que ela, a pessoa, o disse! Que desilusão! Comigo, não com a pessoa que é livre de dizer o que muito bem entender, que criei expectativas e uma imagem sóbria.
E ainda há quem diga que as palavras não têm peso! Ai não, que não têm!

4 comentários:

  1. Se for uma pessoa do norte não tem peso nenhum!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, desconfiava que fosse. Mas a ser quem eu penso que é, nunca tal tinha ouvido da boca da pessoa. :)

      Eliminar
  2. Pesa e muito, Pseudo. E há quem a diga e escreva com uma leveza...
    Bom dia,
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Mia. Tens razão. Mesmo lá em cima, em Braga, eu torço sempre o nariz quando a oiço, que é praticamente todos os dias, da boca de graúdos e miúdos...

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.