terça-feira, 8 de março de 2016

Falemos de puns e de coisas igualmente normais

Peidos. Pôs. Gases. Flatulência. Cheirinhos. Traques. Bufas. E eu sei lá que mais e que certamente vocês conhecem. Não falarei dos peidos do Fernando, salvo seja, ou dos que ele cheira. Mas sim do que eu ouvi hoje.
O que fariam vossas excelências se, em aula e em aula de teste -  em que teoricamente há silêncio, pois os catraios estão concentrados nas suas tarefas dificílimas - alguém libertasse sonoramente os gases contidos em si? Pois, aconteceu hoje na primeira aula da manhã. Como seria de esperar, uma grande parte dos catraios riu-se despudoradamente, outros mais timidamente e outros ainda perguntaram, olhando em redor "O que é que se passa?".
Aqui esta excelência manteve-se séria (por dentro, cheia de vontade de se rir e chamar "porcalhão" ao miúdo), deu um raspanete aos barulhentos risonhos por estarem a importunar os colegas - ou seja, por se incomodarem uns aos outros com as risadinhas - e, quando a turma de 28 catraios sossegou, olhou letalmente para o prevaricador mal-cheiroso, dando a entender que "No final falamos!".
Digam, como reagiriam vocês?

6 comentários:

  1. Ora, pois, pergunta complicada... Se conseguisse pensar antes de falar, fazia-me de cega, surda e muda. Se estivesse naqueles raros (cof cof) momentos em que me pára a boneca, disparava imediatamente um "eh lá, isso está mau!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sci, alguém se esqueceu de ir à casa-de-banho antes das 9 da manhã. Muito Nesquik no leite resulta nestas sonoridades imprevistas. :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. É o que vai ficar por muitos e longos posts, cara Sócia: vermelho e branco, como nós gostamos. :)

      Eliminar
  3. Essa é uma situação para a qual ou já estava preparado ou não saberia o que fazer e então reagiria provavelmente da mesma forma que reagiste. Estando preparado talvez dissesse algo como "Mais uma gracinha dessas e eu dou-te um remédio para a dor de barriga".

    Isto está tão ofuscante que nem se vê a "minha" rata :P

    ResponderEliminar
  4. Ness, sabes como encontrar a "tua" rata e como procurá-la, não sabes? Óptimo! :)

    Que remédio lhe darias para a dor de barriga, que afinal até era de intestinos? :)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.