sábado, 20 de fevereiro de 2016

Não cedi à tentação

Suri, os planos incluíam a visita ao local recomendado por ti, onde chegámos antes do meio-dia. Batemos com o nariz na porta, pois tanto pai como filho tinham a casa fechada e só a reabrem daqui a dois dias. Sentámo-nos ao lado e sendo os primeiros, fomos rapidamente servidos, e muito bem, ao som de jazz. A casa encheu num instante e quando regressávamos ao carro, após uma rápida escapadela à Santa Catarina, passámos pela bicha à porta.
Eu não a comi, mas os homens disseram que valeu a pena. A foto sai mais tarde. Mas não é a da francesinha.

8 comentários:

  1. A minha música é a do painel do meio. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rock-pop- Ouvi-os a todos, ainda oiço alguns. Mas o primeiro painel, o menos visível, também me disse muito, Fernando. :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Individualmente, não. Há outra onde o primeiro painel é mais visível. Precisas?

      Eliminar
  3. No Cais de Gaia?...ou acabaste por ir à Santiago?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ideia era ir ao Santiago, mas estava(m) fechado(s). Fomos ao Lado B. :)

      Eliminar
    2. Então não chegaste a passar pelo cais de Gaia?

      Eliminar
    3. Não. A zona mais baixa por onde andei, de carro, foi no Porto, desde a Foz até ao acesso à Ponte do Freixo.

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.