quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

A resposta para a Susana


Susana, há dias li, mais uma vez, alguém a escrever que o seu blog é para si mesma, o seu caderno de memórias, um diário de banalidades. Tendo, normalmente mas nem sempre, - e até a acho parva, de vez em quando (o que nem é um insulto, pois ela é a primeira a apelidar-se de tal) - a concordar com ela e a apreciar bastante o que escreve, pois fá-lo dum modo tão franco, assertivo, sem medo de ferir terceiros, que eu vejo tal como uma qualidade que nem sempre eu pratico neste tasco. Este é também o meu caderno de memórias, o equivalente àquele que continua escondido numa das gavetas da mesinha de cabeceira no meu quarto em casa do meu pai. (Pronto, agora já sabem onde ir procurar o meu diário dos 12 ou 13 anos...)
Sabes que eu detestava, quando fazia os testes na escola, a parte da composição? Fazia sempre o mínimo possível, em qualquer uma das quatro línguas que estudei. Acho que este meu blog é hoje um contraponto dessa minha limitação juvenil: escrevo quando e o que me apetece, sem limite mínimo ou máximo de palavras, muitas vezes pesando-as, cada vez mais, aliás, à medida que o tempo passa por mim. Já não sou tão espontânea como há 9 ou 10 anos, quando o iniciei. E há razões para tal. Mas essas não as partilho. Senão, o nome do blog não faria sentido: este não é um blog aberto. E já me diverti mais com ele, confesso.
Continua a haver alguma espontaneidade e impulsividade, sim, precisamente em algumas dessas situações que referes. Exceptuo os assuntos de escola e que envolvam alunos. Esse é um mundo muito à parte que evito trazer para aqui, mas às vezes trago; nunca será a norma, contudo.
Fotos? Há-as, a maior parte roubadinhas da Internet, para ilustrar alguma coisa que tenha achado caricata, bizarra, com algum humor. Mas não têm qualquer valor aqui. Poucas são minhas ou tiradas pelos meus. Essas estão todas guardadas e não são para os olhos do mundo. Mas já que falamos de fotos, como é que tu dizes que preferes sempre ler a ver fotos ou ouvir música? Logo tu, que tens um outro cantinho com fotos originais tão belas? Logo tu que partilhas alguns dos teus clássicos musicais? Fizeste-me torcer o nariz às tuas palavras.
Sabes que nunca vi a Sócia nem mais gorda nem mais magra? É engraçado ter uma parceria com alguém que não se conhece. Fiz-lhe uma proposta simples, sem água no bico, que ela aceitou e até agora a situação mantém-se igual, sem alterações de contrato. Não nos tornámos mais ou menos amigas por causa desta parceria. Cada uma no seu canto, cada uma com as suas dúvidas, ela continua a ler o Correio da Manhã e eu a Visão. Gostamos assim. Funciona assim. Se e quando ela quiser dar o salto - e isto ficou claro - dá-lo-á, sem quaisquer explicações. Afinal, " isto são só blogs", "são páginas virtuais Cheias de bits e bytes".
Só que não. Senão, não estaria a dirigir-me a ti.

8 comentários:

  1. Declaro-me abespinhada!!!
    Leio a Visão, a Sábado, a TimeOut, o Expresso, o CM e tudo o que me derem para a mão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, Sócia, até pode ser, mas aqui só partilhas o que lês no CM, ora!

      (Só tens um remédios: desabespinha-te! :P)

      Eliminar
    2. Tens bom remédio. Segue aqui a Lisbeth no Instagram :p

      Eliminar
    3. Achas mesmo? Nah. :)

      Eliminar
  2. Em primeiro lugar, querida Homónima, muito obrigada por tanto tempo de antena que me dedicas. Já me tinhas prometido uma resposta e eu ia de vez em quando ao post - ao outro onde comentei - ver se tinha a resposta. Não pensei que fosses escrever-me um belo post, e logo um destes que eu mais gosto de ler (sobre pessoas).
    E também pensei, depois de ter escrito o que escrevi no tal comentário, que ias ficar admirada exactamente como ficaste por eu 1) ter um blogue com fotografias (obrigada pelas tuas palavras amáveis), 2) de vez em quando eu própria pôr um link no meu blogue para música (ou mesmo uma fotografia).
    Mereces uma explicação sobre isto, mas para não ficar muito grande, vou tentar resumir.
    Quanto à fotografia: gosto de fotografias que traduzam a realidade ou tenham um conteúdo com humor (1º exemplo: as belíssimas fotos do Pátria Pequena, 2º exemplo: as fotos da Palmier) mas nesses blogues eu já sei que vou ver fotografias (ou é quase certo que sim). Num blogue onde tenho uma expectativa de ler alguma coisa sobre o dia-a-dia, como é o caso deste, eu prefiro ler essa coisa e não de repente ter um link do youtube por exemplo e mais nada, entendes? O que até me pode levar a de repente ouvir uma música de que gosto muito. Mas é uma questão de expectativa. Neste blogue gosto do que cá vejo, cá leio, gosto da interacção que vocês promovem com os leitores e é isso que gostaria de continuar a ver e a ler, é uma espécie de "lugar" onde faço uma visita quando me apetece tomar daquilo que aqui se oferece. Dei o exemplo de música e de fotos, porque já me aconteceu ir toda contente ler um post de um blogue que adoro e depois só lá estar um link do youtube e isso fazer-me sentir desapontada. Mas faz parte da vida e ajuda-me a perceber o quão gosto do que tal blogger escreve. :-)
    O que não quer dizer que aqui não possa gostar de uma fotografia (sim, lembro-me de já ter visto aqui fotografias) ou de música. Mas a minha preferência é continuarem com a vossa essência.
    Achei muito curioso não conheceres a Sócia :-) (eu fazia-vos amigas, primas ou vizinhas, vê lá!)
    Nos meus blogues, um é de textos porque, tal como tu, também eu sempre quis escrever - às vezes leva uma fotografia ou uma música quando vem a talhe de foice e eu não consigo resistir, o outro é um blogue com fotografias (e não "de fotografia") com o intuito de mostrar ao mundo como as coisas simples e pequenas que estão mesmo à nossa frente podem ser tão belas (a mim deslumbram).
    E pronto, ficou enorme. Desculpa.
    Um abraço para cada uma e boa continuação do blogue, espero que te traga mais diversão outra vez. Eu continuarei a vir cá tomar pseudoposts. :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Homónima, confessa: quiseste escrever um comentário maior do que o post. :P

      Eliminar
    2. e consegui, não consegui?!...

      (glup...)

      Eliminar
    3. Desconfio que sim. :P

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.