segunda-feira, 13 de julho de 2015

Eu tenho o melhor Anónimo do mundo e mais além

Isto é de sua autoria. Digam lá que não é um miminho giro! É, não é? 
(Apesar de nem tudo ser verdade, Anónimo. :P)

"Na rede sem ninguém
Anónimos e atrevidos
Teclamos só os dois
Descomprimindo dos dias vividos...

Teclamos por tudo e por nada
Aparvalhamos sem sentido
Facilitamos a digestão
Melhor que um "rennie" comprimido

Sei-te as origens e o poiso 
Sei-te o gosto musical
Só ainda não percebi
Porque ainda me tratas como um anormal

Sei que gosta de ovos moles
E Pudim Abade Priscos
Sei que fugiste ao perfume de Cacia
E preferes o cheiro dos Bispos

Sei isso tudo e muito mais
Muito mais do que possas imaginar
Só não te conto tudo agora
Porque tenho que ir lanchar

(tal como ao almoço, aqui no Centro de Dia lancha-se cedo)"
 

 
 

2 comentários:

  1. Respostas
    1. É, Sócia. Enquanto não se cansar de ser tratado como um anormal, parece que vai ficando. :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.