terça-feira, 28 de abril de 2015

As epístolas Socratinas

Estou - e penso não ser caso único - plenamente convencida que as cartas escritas por Sócrates, o português, serão, num futuro próximo, objecto de compilação à venda nos escaparates dos locais habituais e alvo de análise literario-jurídica por quem de direito. E que uma das conclusões será a de que o visado acreditava piamente em tudo o que disse enquanto Recluso 44. 
Sugestão de título: "A que caro amigo escreverei hoje?"

2 comentários:

  1. Isso e as semelhanças entre ele e os pilotos da TAP :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esses senhores também escrevem epístolas, Ness? :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.