domingo, 18 de janeiro de 2015

Então e quando podemos discutir o Foxcatcher? E o Hawking?

Lá dizem os críticos de cinema que estas coisas dos filmes baseados em factos reais são uma nomeação garantida.

Gostei dos dois filmes. Gostei dos dois actores principais. O Carell, virgem aos 40, está muito bem. O doente do neurónio motor está fantástico. Não cheguei a perceber a nomeação do Ruffallo e gosto muito dele. Mas também não percebo a da Stone.

Enfim, faltam-me dois filmes. 

4 comentários:

  1. Quero lá saber dos filmes...
    Indo ao que interessa: isto agora é um jardim com flores, é? Bolas... Sempre em obras, o raio do tasco... Só pó por todo o lado.. Nem se poder beber um copo em paz..

    ResponderEliminar
  2. Eu quero muito ver o Hawking; mas não há-de ser numa sala de cinema a tresandar a pipocas e o seu barulho ensurdecedor. Deviam ser proibidas!

    E sim, MG, isto é um jardim com flores. Alguma coisa contra flores? Podes sentar-te ali no banquinho e bebes a tua bejeca, tá bem? Quanto ao pó, estás à vontade para limpares o que te incomodar. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pssssshh, sócia, no conforto do lar :)

      Eliminar
    2. Exacto, Sócia. É uma das razões que me leva a ver os filmes em casa, cada vez mais. E olha que gostava - e gosto - bastante do ritual de "ir ao cinema". :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.