domingo, 4 de janeiro de 2015

E assim se começa o ano em Braga

A chegar a casa, abrir a porta, sentir um pivete desgraçado a comida estragada, podre, putrefacta mesmo, que nem para animais mortos serve e a esvaziar as três gavetas cheias de comida do congelador e a pôr na rua 2 sacos de lixo que fedem, tudo porque o frigorífico e o congelador avariaram durante as 2 semanas de ausência. Com o frio que está lá fora - menos do que na terrinha, é verdade - espero que nenhum animalzinho de estimação se lembre de escaranfunchar os sacos de lixo que já deixei lá no cantinho habitual.
Benditas velas de cheiro que vão atenuando o aroma doméstico, que, desconfio, há-de perdurar mais uns dias. Ainda dizem que o frio conserva as carnes. Tá bem, abelha!

4 comentários:

  1. Isso já me aconteceu na Casa dos Pinheiros, mas foi no anexo que tem muito ar livre.
    Não é fácil. O cheiro é mesmo do pior que há.

    ResponderEliminar
  2. Isso e ter que comprar electrodoméstico brevemente. É começar o ano com coisas novas :)

    ResponderEliminar
  3. E isso aconteceu porquê?
    Faz lá uma pesquisa a ver se não foi falha da EDP.
    Às vezes uma falha de "neutro" dá cabo de tudo. É que logo os dois?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, sei lá. Eu quando cheguei ontem a casa tinha luz em todo o lado, até dentro do frigorífico. Só que nada refrigerava; não estou a ver como possa ter sido falha da EDP.

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.