terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Das minhas leituras blogosféricas

Noto, à semelhança da taxa de natalidade portuguesa, um decréscimo do número de baby-blogs inverso ao aumento da popularidade de alguns doggy-blogs. Ando a ler dois destes que só não me fazem urinar pelas pernas abaixo porque os meus músculos ainda são controlados por mim. Porque tivesse eu 90 anos e nem as fraldas Lindor me valeriam! Adoro, adoro, adoro...o despique entre as duas! Nada como uma competiçãozinha saudável para que a qualidade do produto aumente e o cliente se sinta mais satisfeito, n'é verdade?

12 comentários:

  1. De vez em quando a blogolandia pegfa lume
    Kis:=)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AvoGI, desde que seja um incêndio prazeiroso, como tem sido, e que ainda me faz rir, que continuem assim por muitos e largos anos.

      Eliminar
    2. Eu tb me divirto a ler, e sei a quem te referes
      Kis :=)

      Eliminar
  2. se não fosse assim, este mundo, aqui , o virtual, tornava-se monótono.

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Eu não a conheço, não sei se gosto dela ou não. O Blog foi-me indicado por ti e desde essa altura, sou visitante diária, sem nunca ter comentado.

      E o que me rio?? Ela tem imensa piada na maneira como encara o dia-a-dia. :)

      Eliminar
    2. Gosto tanto do que ela escreve, nunca a vi mai magra.

      Deves-me pastéis de nata!

      Eliminar
    3. Devo nada, que já te indiquei alguns bons blogs, tamém, ora!!

      A ver se mos foste levar quando aí estive de rajada....oh oh! Nem tu nem o outro...

      Eliminar
  4. Fiquei curiosa sobre quem são...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. redonda, são estas senhoras, donas de animais ferozes de 4 patas, fotogénicos, competitivos e esbugalhados:

      http://sarasemsobrenome.blogspot.pt/

      http://palmierencoberto.blogspot.pt/

      (Procurar os posts caninos, sff :))

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.