terça-feira, 20 de maio de 2014

Ontem fui às compras

Ando muito saudável.
É carninha para grelhar, é frutinha, é cereais, é iogurte magro, é saladinhas, é pão integral, é pão de cereais, é peru e frango, é alpista, cranberriesovernight oats.

Depois chego à parte do peixe e sinto-me pobre.

Desde quando poder ou não comprar peixe, sem ser a pescada congelada, já negra do frio, é indicador da classe social em que nos inserimos?

8 comentários:

  1. Realmente, o peixe é cada vez mais um luxo.
    Mas, p.e. o bacalhau crescido está a 5€ o kg no (passe a publicidade) supermercado do Soares dos Santos, o que não é nada mau. Aliás, esse supermercado é o que tem o peixe em preço mais acessível, com diferenças, para a mesma qualidade, de menos 50% nalguns casos.
    Bom, em conclusão, ou os gajos dos númaros do milhões acertam com os nossos, ou peixe, só atum em lata... :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só em lata mesmo, que me queria ir ao outro e estava com o preço pela hora da morte.
      A ver se é desta, ó sócio!

      Eliminar
  2. A compra de peixe hoje em dia é um atentado à carteira de muito boa gente. Como à minha. Tento comprar do bom e do melhor, mas quando é também para as minhas filhas comerem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou passar a comer enlatados só para dizer que até como as proteínas do peixinho :/

      Eliminar
  3. Já comprei bacalhau fresco no super do SdS por 3.5€ o kilo. E uma pescada inteira fresca é cara, mas rende.

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bacalhau, atum, salmão. Começo a achar que é para gente muito rica. Vou-me ao sushi e está feito.

      Eliminar
  4. penso que desde 2007 sensivelmente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos tão pobres há tanto tempo :(

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.