quarta-feira, 30 de abril de 2014

Regresso ao passado

Aquele fantástico momento em que começas a ler um livro que deixaste a meio há uma meia dúzia de anos porque não te seduzia e que agora só te pelas por não ter mais tempo para o continuar a ler de rajada.


Há momentos e momentos para determinados acontecimentos na nossa vida.

23 comentários:

  1. "Viagem ao Mundo da Droga"? lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que já li todos os hits que abordam a droga...

      Eliminar
  2. As cinquenta sombras de Grey?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comprei os três para oferecer e nunca li uma linha.

      Eliminar
  3. Estamos em sintonia. Ontem retomei/recomecei um que tinha deixado a meio há dois anos ("Um Traidor dos Nossos", do John Le Carré) e agora parece que está a querer entrar melhor. Salvo seja. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá está. Há momentos e momentos.

      Eliminar
  4. Insisto sempre com as filhas das minhas amigas para não se agarrarem ao Cama Sutra antes dos 17 anos e meio. Tenho obtido resultados deveras satisfatórios a longo prazo.

    ResponderEliminar
  5. "Cona d'aço" de João Malheiro, aposto!

    ResponderEliminar
  6. Olá Pseudo!
    Certamente, ou naõ, reparaste na minha ausência na tua caixa dos comentários. Acima de tudo, isto é devido a estes anónimos que insistem em dizer asneiras atrás de asneiras, coisas sem nexo nenhum, que muitas vezes soam mais a ofensas do que a outra coisa qualquer.
    Sinceramente, e uma vez que moderas comentários, devias ignorar todas estas asneiras que eles/elas, ou mesmo uma só pessoa, comentam.
    É uma decisão tua, mas, na minha opinião, iria tornar este teu blogue no sitio limpo, tranquilo e saudável que foi em tempos.

    (isto é mesmo um comentário que podes publicar)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mustache! Sim, notei...pensei que tivesse sido por razões futebolísticas :P

      Agora mais a sério...vou ter a tua opinião em consideração e decidirei em consonância brevemente. Tenho que falar com a Sócia sobre o assunto, mas a última palavra será sempre minha.

      (Confesso, contudo, que por vezes dá-me algum gozo e descontrai-me dar trela a alguns comentários anónimos: Há-os que nem sequer chegarm a ver a luz da publicação, claro.)

      Eliminar
    2. Obrigado no que me toca, Carissima Pseudo.
      Sabes bem que eu não sou dos que conspurco o teu estaminé apesar da fixação nas avelâs...

      Por falar nisso, como andam os intestinos?

      :)

      Eliminar
    3. Bem, obrigada, Anónimo.

      Eliminar
    4. Assim de repente só me ocorre aquela história da viola e do enterro...

      Eliminar
    5. Bigodes, i feel you. Nós e os nossos issues com anónimos.

      Eliminar
  7. Se o caro mustachw falou de mim por eu ter palpitado o livro cona d'aço de João Malheiro, acho que a Pseudo fez muito bem não lhe dar ouvidos porque esse livro existe mesmo e foi publicado. Brinquei sem ofender ninguém porque acho que somos todos adultos.
    Para o mustacw só tenho a dizer que se calhar nem na sua casa manda e vem armado em valente a querer mandar na casa dos outros.
    mande no seu blog e deixe a senhora decidir o que se passa no blogue dela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, não me parece que o Mustache tenha escrito sobre alguém em particular ou sobre um comentário em particular e este seu comentário é de rir. Vá mandar em sua casa, sim, e deixe que eu mande na minha. :)
      E Dê-me crédito quanto aos comentários que decido publicar sim? Não sou assim tão inculta. Garanto-lhe que não me ofendeu ao palpitar o livro em questão e certamente mais ninguém se terá ofendido.

      Eliminar
    2. Anónimo, o problema disto dos anónimos é que anónimos há muitos. Aqui tão pouco se identificam com um nick ou com qualquer coisa que os distinga e há quem tenha issues com anónimos. Eu tenho. Assumidamente. Mas deixo a publicação de comentários dos mesmos ao sensato cuidado da Sócia Major. No dia em que não me apetecer dar corda, simplesmente não dou.

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.