quinta-feira, 20 de março de 2014

Isto de se ter um filho pré-adolescente tem muito que se lhe diga

Há momentos que devem ser ignorados.
Há momentos que não devem ser comentados.
Há momentos que exigem reacção na hora: virar costas e continuar de boca calada. E mais não digo.

3 comentários:

  1. Óh pá...
    Felizmente já passou há muito, mas o mais novo foi muito complicado.
    E se queres que te diga, há situações em que a impotência é tão evidente, que te vai apetecer bater em ti própria.
    Oxalá esteja enganado, obviamente! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, AA, tu deves estar a referir-te a assuntos sérios e graves. Este que está implícito nas minhas palavras é "só" sério :) Não vou bater em mim própria nem me sinto impotente só porque inadvertidamente vi o petiz em certas atividades :P

      Eliminar
    2. De pequenino é que se torce(esgalha) o pepino! :)

      (sim, coisas graves, que se resolveram muito bem, felizmente!)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.