quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

O Porquinho como património familiar

Ei-lo:
Displaying IMG_4268.JPG
A guardar poupanças desde 1971. Já não é meu, mas mantém a função.

42 comentários:

  1. 1971?
    Tenho em casa uma especimem deliciosa dessa colheita...
    Boa safra.
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, eu nasci em 1972, ano em que os meus pais mo ofereceram. Presumo que o Porquinho tinha sido fabricado antes, na extinta Fábrica do Outeiro.

      Eliminar
  2. Eu tinha uma botija de "Gazcidla" de um ano vintage, 1960.
    Teve um acidente aqui à atrasado, mas foi recuperada, o barro do
    fundo colado e lá está, garbosa.
    Claro que houve marosca durante anos, porque quando a coisa estava cheia (não era difícil, as moedas aram grandes e aquilo é pequeno) era esvaziada pela ranhura, para não ter que ser partida.
    O meu filho mais novo, que a herdou, fez as coisas com as regras todas e quebrou a sacana da bilha. Felizmente deu para recuperar. E pronto, a história da minha bilha de gazcidla. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há histórias tão giras para contar. Mas como não significam nada para os outros, por vezes não as partilhamos. Nem temos que..., n'é? :)

      Eliminar
    2. Começo a ficar preocupada contigo, Leão...

      Eliminar
    3. Por não te azucrinar a moleirinha???
      Estou em modo zen... ahahahahahah

      Eliminar
    4. Juro que se não voltarmos a não acertar nada amanhã, dou-te cabo do juízo!!! :))

      Eliminar
    5. Nesse caso, ficas já avisado que eu é que entrarei em modo zen. :P

      Eliminar
    6. Bolas, pensava eu que já me conhecias melhor. Chama-se "modo zen", segundo li muito recentemente :P

      Eliminar
    7. Então até amanhã, às vinte! :))

      Eliminar
    8. Vai ter que ser mais tarde; a essa hora, tenho um compromisso com algumas centenas de pessoas. :)

      Eliminar
    9. Disparate; não desejo tal pesadelo a ninguém. Não, é algo ligeiramente mais interessante. Vale pelo local da janta, logo a seguir. :)

      Eliminar
    10. Combinado?? Vais aparecer por lá?

      Eliminar
    11. Deus me livre!
      Tenho um jantar de caça que não vou perder por nada!
      Combinado que te chateio a cachimónia! :))

      Eliminar
    12. Ahhh! Mas não será amanhã, então :)

      Eliminar
    13. É amanhã, é!
      A não ser que acertemos!
      (podes é não vir cá...) :)))

      Eliminar
  3. Não é nada amanhã, que eu não pretendo jantar e mensagar-te enquanto enfio o garfo pela goela abaixo, porra! Nem me passa pela cabeça que carregues em teclas enquanto cortas as perdizes...ai, ai...

    ResponderEliminar
  4. Na passagem das perdizes para o faisão... :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois vais ter que esperar pela minha resposta num momento mais oportuno para mim. :) Não levo qwerty comigo. :)

      Eliminar
    2. Não convém muito, ainda lhe cai o vinho em cima. :)))

      Eliminar
    3. Amanhã ainda não é dia de vinho :)

      Eliminar
  5. Não são oito. Depois dos tordos ao almoço, as perdizes ao jantar!
    SUA INCOMPETENTE!!!
    :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tá decidido: o próximo a lançar os números és tu. E não venhas cá com coisas, pois esta decisão unânime e consensual é irrevogável.
      Tenho dito!

      Eliminar
    2. Nem penses!
      Hás-de cagar números até acertarmos!!!!! :)))))

      Disse!

      Eliminar
    3. Eu disse-te que era irrevogável, não disse? Mau....sendo assim, uma semana sou eu, outra semana és tu. Na próxima és tu, pronto.

      Eliminar
    4. O caralhinho!
      Não admito demissões! ai!!!

      Eliminar
    5. Mas eu não estou a demitir-me; estou a dar-te oportunidade de também seres INCOMPETENTE, de alternares comigo :P

      Eliminar
    6. Cuidado com a língua!
      Alternar é uma palavra perigosa... :)))))))
      (Se até hoje não acertei nada, nem me atrevo!) :P

      Eliminar
    7. CAGUFAS!

      Adoro brincar com a língua como sabes. :)

      E agora vou prá cama. XAU!

      Eliminar
    8. Ciao bambina.
      Sei??? :)))))))

      Eliminar
    9. Sabes! E se não sabes, já devias ter aprendido isso sobre mim, a partir do que escrevo, ora!

      Eliminar
    10. Óh pá, estava a pensar noutras línguas.
      E noutras utilizações dela... :))))

      Eliminar
    11. Ai tabas? Olha, não percebi :P

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.