segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Minhoquinhas

Não me sai da cabeça que os meus apetites desenfreados e súbitos, por frutos secos,  que me acometeram na última época festiva chamam-se "perturbações alimentares". Ou então eu é que ando sugestionada pelo que ando a ensinar aos catraios e o meu organismo reage de diversas maneiras. 
Ah, o cérebro, o cérebro, esse orgão tão estimulante...

12 comentários:

  1. Há coisas bem piores para se pensar do que catraios!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mirone, eu gosto dos meus catraios deste ano. :)

      Eliminar
  2. Aproveita e ensina-lhes sobre o aparelho reprodutor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, a que propósito?? Quanto muito, ensinar-lhes-ia sobre o aparelho digestivo, caso esse tema fosse da minha área disciplinar, que não é. Disparate o teu!

      Eliminar
  3. E que matéria se ensina aos catraios com efeitos secundários a nível do consumo de frutos secos?
    E isso pega-se? A ser verdade, a minha quasi-dependência por nozes várias, ananás e alperce secos ao natural, deliciosos vem desde garota.
    Uso de muita disciplina para consumir com moderação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pusinkito, não sou da área de Ciências; não sei, mas posso perguntar e ver o que sai daquelas cabeças.
      Genético? Tb não sei....mas lembro-me que a minha mãe tb fazia diabruras do género...e depois pagava caro. :)

      Eliminar
  4. Já reparou Cara "Pseudo" que sempre que escreve sobre intestinos e derivados os seus leitores correm a comentar e quando escreve sobre livros o silêncio é sepulcral? Sintomático...

    ResponderEliminar
  5. Caro "Anónimo", sim, já tinha reparado nesse pormenor e o caro anónimo não foi excepção.
    Aqui comenta quem quiser e quando quiser e quase todos os comentários são apreciados e merecem a minha atenção, nem que seja para desancar.
    De qualquer modo, é muito mais fácil discorrer sobre o 1º assunto destacado por si do que sobre um qualquer livro que tenha sido do meu agrado. Não me incomoda. :)

    ResponderEliminar
  6. O Bill O'Reilly é maluco.

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. R., achas que o meu anónimo de estimação é o Bill O'Reilly? :)

      Eliminar
    2. Tá-me a parecer que sim. Ficou enxofrado com a falta de comentários ao seu livro.

      R.

      Eliminar
    3. heh...às tantas; de qualquer modo é bom saber que temos um poliglota por estas bandas. :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.