sexta-feira, 15 de novembro de 2013

10 questões que se me afiguram de particular relevância

  1. As pessoas que trabalham nos locais onde são fabricadas as pastas de dentes recebem kits grátis? E nos meses em que recebem os subsídios recebem kits a dobrar ou não?
  2. Porque é que as casas e prédios e edifícios em geral não têm alicerces giratórios de modo a aproveitarem ao máximo a luz solar?
  3. Como se sentiram as pessoas que participaram no anúncio de Natal e da Popota deste ano?
  4. Quantos alfinetes conseguiriam contar sem se picarem?
  5. Se, um dia, for possível as famílias passarem temporadas no espaço (famílias com bebés que ainda usem fralda), como é que conseguirão mudar as fraldas com tanta coisa a gravitar à sua volta?
  6. É idiotice ou não inventar um autocolante para o carro que proíba a colocação de papéis publicitários nos carros, à semelhança daquele que se coloca nas caixas de correio?
  7. Porque é que eu consigo memorizar as matrículas dos carros, durante anos (sei a matrícula do meu 1ºcarro: 68-62-FP) e não consigo recordar-me dos nomes das pessoas que vou conhecendo ao longo dos anos?
  8.  Se o escritor sueco de minha preferência fosse vivo, o Stieg Larsson, onde estaria e o que estaria a fazer agora a minha adorável e aparentemente frágil Lisbeth Salander?
  9. Qual a última pergunta que vossas excelências gostariam de ver aqui colocada?
  10. ....?

9 comentários:

  1. 1. Se assim for eu vou já trabalhar para a Mercedes.
    2. Porque todos os habitantes do teu andar quereriam que fosse apenas o seu apartamento aquele que estaria sempre voltado para o sol.
    3. Felizes por terem recebido um acréscimo para comprar bacalhau.
    4. Os que quisesses, desde que usasse uma pinça.
    5. Inventar-se-ão as fraldas que aspiram.
    6. Não é idiotice, já conseguir que o professor Bambo cumpra são outros quinhentos.
    7. Vá lá ver, 68 = 69 - 1, 62 = 69 - 7, FP = Fi...ncionário Pu...blico?
    8. Na sauna?
    9. + 10. Se D. Sebastião voltasse voltaríamos a ter uma monarquia?

    (Não sei o que juntaram no café hoje...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (Ness, no meu ou no teu?)

      Eliminar
    2. (Pode ser no meu, que já liguei o aquecimento :P)

      Eliminar
  2. Lá vai:
    1-As pessoas que trabalham nessas empresas, pelo menos em Portugal, que não fabricam só pastas de dentes, recebem três cabazes por ano; na páscoa, nas férias e no natal (no valor de cerca de 500€/cada, pelo menos nas que conheço)
    2-Já existe (prometo encontrar o link para te mostrar)
    3-Sei lá, mas devem ter ganho uns cobres, se forem desempregados então deve ter ajudado.
    4-Milhares! basta usar um íman...
    5-Seria fácil. A ausência de gravidade aqui seria um aliado.
    6-Não, não é, mas não seria eficaz, infelizmente!
    7-Não faço idéia! memória selectiva?
    8-Provavelmente ter-se-ia juntado ao Julian Assange e andava por aí a denunciar corruptos e a dar umas valentes quecas e teria já aumentado as tatuagens.
    9-?
    10-Se os naturais da Suécia são suecos, por que raio os naturais de Marrocos não são marrecos????

    ResponderEliminar
  3. 10 - Qual a tua opinião a respeito do sexo anal?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, a minha opinião é muito boa, obrigada.

      Eliminar
  4. 10 - Se os anões têm mini-braços com mini-mãos, como fazem quando têm comichão no cu?

    ResponderEliminar
  5. Porque insistes em não tomar os comprimidos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, porque insistes em cá vir?

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.