sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Conhecem ou conheceram alguém com estes nomes próprios?

Retirados, por ordem alfabética, do "Prontuário Ortográfico e guia da língua portuguesa" e escolhidos apenas pela estranheza sonora e gráfica. Há mais, muitos mais...

A - Actório, Almáquio, Antoliano, ...
B - Balbo, Beldemónio, Boleu, ...
C - Calapez, Ciâneo, Clóvis, ...
D - Daurísio, Dióscoro, Dúlio, ...
E - Edviges, Elesbão, Epaminondas, ...
F - Faísca, Fiel, Filoteu, ...
G - Gaudémio, Gigélia, Guirardo, ...
H - Harpagão, Heliogábalo, Hipácio, ...
I - Iago, Inocente, Ireneu, ...
J - Jaselina, Judas, Justiniano, ...
K - ....
L - Lactâncio, Licurgo, Livónio, ...
M - Macriano, Mavílio, Milcíades, ...
N - Nabonassar, Nepomuceno, Numa, ...
O - Oblénio, Onésimo, Oto, ...
P - Pacoldo, Pélico, Porciúncula, ...
Q - Quartim, Quíncio, Quirísofo, ...
R - Radamanto, Rego, Restituto, ...
S - Sardanapalo, Sem, Sinfrónio,
T - Tasso, Teoclímeno, Trasíbulo, ...
U - Ulpiano, Urânia, Uriel, ...
V - Vendimiano, Vercingetorige, Vulcano, ...
W - ....
X - Xafredo, Xilandro, Xisutro, ...
Y - ....
Z - Zaluar, Zenóbio, Zúquete, ...

(Acho que não me enganei a copiá-los...)

16 comentários:

  1. Conheço uma Edviges, uma senhora idosa lá de Tomar
    Conheço um Epaminondas, meu ex-colega em Setubal
    e conheço vários Quartim, em Tomar havia um e há um meu confrade que escreve no blog "esanossafe" és a nossa fé...
    Mas conheço uma Escolástica! toma! :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leão, e como te sentes quando os tratas por estes nomes estranhos?

      Eliminar
    2. Normal!
      A senhora é a "Deviges"
      o ex-colega era o Paminondas
      e o Quartim, é isso mesmo, Quartim.
      Gualdim também existe! era um tipo lá de Tomar, também, terra de Gualdim pais.
      Olha e tive um colega que tem o lindo nome de Brás do Ó, apenas!
      E tenho outro que é Brás Cuba! como vês...
      Ah, também conheci um Ajesdrúbal! eheh e uma Esplendorosa! ahahah
      Mas esses nomes hoje já não são aplicados.

      BFS

      beijinhos

      Eliminar
    3. Leãozinho, a tua carteira de conhecimentos, das mais variadas espécies, é uma coisa fantástica! :)

      Eliminar
  2. Conheço "pessoalmente" 3 deles como nome próprio e 2 como apelido.
    Edviges (a minha gestora de conta), Numa (o avô da minha melhor amiga), Ireneu (o sacristão, mas nós pronunciávamos Irineu, não sei se serão o mesmo nome).
    Rego e Zúquete são apelidos de pessoas que conheço (mas como nome próprio não sabia que eram admitidos).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bolas, Mirone, a sério que não pensei que ainda pudessem existir.

      Eliminar
  3. Inocente não conheço mas conheço uma Inocência ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Noa, há uns tempos havia alguém, aqui na blog, que se chamava "Inocentinho". :)

      Eliminar
  4. Edvige cá pelos vistos não é assim tão estranho. Eu conheço uma no Algarve...

    E tive um professor que se chamava Itopóvio, com I... Já faleceu coitado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SM, esse senhor deixou-te boas recordações, ao menos? :)

      Eliminar
  5. Conheço: Clóvis; Dúlio; Faísca (e não é um cão); Judas; entre outros... Anésia; Acúrcio; Josefredo;

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SOG, tu tb deves conhecer cá umas peças, deves deves...:P

      (Há um conhecido nosso cuja alcunha é "Faísca" :))

      Eliminar
  6. Conheço um Edviges, um Iago, um Justiniano e um Tasso...
    Gostei do Beldemónio, achas que posso pedir para ter esse nome? Talvez fosse mais bem sucedido ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tio, acho que podes mudar de nome a partir dos 18 anos.
      Mais bem sucedido em que área? :P

      Eliminar
  7. Justiniano e Licurgo, eram nomes de professores meus. O primeiro de música e o segundo de religiao e moral. Eram ambos padres... e mais não digo. :)))))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Zezinho! :) Andaste metido com os padres, não foi? Deixa lá, eu andei metida com as freiras. :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.