terça-feira, 27 de agosto de 2013

Para desenjoar, mas pouco, que os relatos ainda não acabaram


2 comentários:

  1. Rossini é um preferido !
    Obrigado pela abertura da opera "Guilherme Tell", o homem da besta e da maçã !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando o meu filho ouviu o original, lembrou-se duma versão infantil que eu acho de bradar aos céus. Mas pronto, alguém há-de saber o que é melhor para as crianças, n'é? :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.