terça-feira, 5 de março de 2013

Peixeirada bravia

A porrada entre homens de barba rija, nas minhas aulas, já tinha assistido, aquando dos meus tempos na prisão local. Agora javardices em plena aula, entre três garinas em altos berros, cada uma mais peixeira do que a outra, a ponto de terem que sair da sala e só não andarem à batatada no corredor porque não calhou, não é usual. E nem foi por causa de rapazes. Mas sim porque uma invadiu a privacidade da outra, seja lá o que isso quis dizer, que eu não quis meter-me ao barulho. E são amigas. O que aconteceria se não fossem?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.