sábado, 30 de março de 2013

E ainda só é meio-dia e meio e já fui à regueifa. De madrugada! Pronto, e também me convidaram para a festa do pau, que consiste em trepar um pau amanteigado. Mas aquilo escorrega imenso!

Podiam-me ter dito que logo à noite vou dormir menos uma hora! Tinha-me levantado hoje uma hora mais tarde, não era? Maus feitios, todos vocês!

25 comentários:

  1. Pau amanteigado? Ok, tipo isto: http://g1.globo.com/Noticias/PlanetaBizarro/foto/0,,21688394-FMM,00.jpg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catsone, é mesmo isso :) Esta é uma tardição secular duma terrinha aqui perto :)

      Eliminar
    2. No Brasil é conhecido como pau de sebo e também é bem popular nas chamadas festas juninas (tradição supostamente levada para lá por nós tugas). Costumam por dinheiro no topo para a malta subir, coisa quase impossível e demonstração do mais puro sadismo.

      Eliminar
    3. Acho que aqui só há o topo, mesmo. A ideia é ver alguém supostamente corajoso a fazer figura de urso...e pronto, está feita a festa. O Pau é depois queimado em Junho :)

      Eliminar
  2. Festa do pau, han? I see...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Snail sua tarada, não é esse pau...é o do Catsone!

      Eliminar
    2. Chama-me o que quiseres, mas não faço ideia do que falas...

      Eliminar
    3. Menina, o pau do Catsone, o que ele mostrou ali em cima :)

      Eliminar
    4. Há que aproveitar que não mostro o pau a toda gente.

      Eliminar
    5. Opa, não tinha reparado, pá! É sábado, posso ser burra! ;)

      Eliminar
    6. Lambisgóiazinha linda, de burra não tens nada. Já de distraída, talvez :P

      Eliminar
  3. E da terrinha onde moras também. Com direito a bacalhau no cimo. :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bacalhau no cimo do pau amanteigado? Isso cheira-me a badalhoquice...e não conhecia essa :)

      Eliminar
    2. Bem, um pau de vários metros de altura, um bacalhau, folar e vinho para quem chegar lá cima primeiro. O bacalhau fica pendurado no topo e o pessoal fica a animar quem se atreve. Mas a canalha de hoje em dia nao se quer sujar e aquela cena tem sebo ou qq coisa pra dificultar o processo.
      Com bacalhau, sem badalhoquice. É Páscoa mulher! Penitencia-te e reza três Pai-Nosso ou 2 avé-Maria que o Senhor ressuscita já amanhã e não deves ter a alma maculada nesse momento.

      Eliminar
    3. OLha, logo eu que não ligo à páscoa, que aliás, me traz péssimas recordações, pois foi quando a minha mãe morreu.
      Prefiro as badalhoquices à páscoa :P

      Eliminar
    4. E eu ligo imenso, tendo em conta que nao vou a casa nesta altura há 8 anos. Ja gostei em miuda. Agora sou mais de um brunch com os amigos e, nesta Primavera em particular vou, dar um saltinho ao parque e fazer um coelhinho de neve. Badalhoquice é bem também :-)

      Eliminar
    5. Pusinko, são mais importantes para o nosso bem estar, digo eu...:)

      Eliminar
  4. Ir à regueifa?! Foda-se, Mana...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mano, fui sim senhora! E já a comemos toda:P

      Eliminar
  5. Tive que googlar o que é a regueifa. Já vi as fotos mas temos que arranjar forma de começar a provar estas coisas via net! Assim, só se consegue comer com os olhos. Mas ao menos estes ficam saciados :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tuites, agora que já viste as fotos, aqui tens uma possível descrição:
      http://pseudoblogdapseudo.blogspot.pt/2011/06/regueifaou-uma-historia-inverosimel.html

      Já agora, quando passares por alguém que possas comer com os olhos e cujo traseiro seja apetecível, segundo os teus parâmetros, sempre podes mandar o piropo "Bela regueifa!" :P

      Eliminar
    2. Olha, abriste-me ainda mais o apetite! Quando subir por aí, tenho que provar... Quanto ao piropo, gosto da deixa, mas um passarinho assim com ar fofinho e com penugem vistosa, como eu, ainda se arrisca a acabar na frigideira :)))

      Roubei do Petiscos.com:

      (Eu normalmente tempero com sal, pimenta, muito alho, louro e vinho branco deixo ficar a tomar gosto. Depois num tacho deito azeite e óleo, escorro os passarinhos, junto ao tacho com umas rodelas de chouriço, deixo fritar de todos os lados. Por último junto a marinada um pouco de picante e deixo evaporar o vinho.
      Sirvo com batata frita.)

      Boite noite Pseudo :)

      Eliminar
    3. Tuites, afinal és um passarinho ou uma passarinha?

      Eliminar
    4. Assim, azulinho, sou um passarinho pois! E já estou a imaginar o meu fim, cá nas zonas centrais do nosso rectângulo, se me ponho a dizer às donzelas que vejo na rua que têm umas belas regueifas. :)

      Sabendo elas de regueifas o mesmo que eu sabia até ontem, estava frito. Literalmente. Ora passarinho frito, é assim que se faz. A metáfora deixava de o ser :)

      (E nunca se sabe quando precisarás de uma receita de passarinho frito; belo petisco de fim de tarde; acompanha bem com um tinto aí das zonas de cima :))

      Tuites

      Eliminar
    5. Tuites, é que fiquei na dúvida por causa das Noites Longas :)

      Acredito nessa do petisco acompanhado dum branco à maneira :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.