sábado, 16 de fevereiro de 2013

Cheiro a estrume

Foi o cheiro predominante do local onde me encontrava por volta das 10:15 da madrugada deste sábado. Não posso dizer que não tenha gostado do sítio, bem pitoresco, mas o cheiro foi efectivamente a característica marcante. Isso e estar a cerca de 30 minutos de casa e pensar que estava no cu de Judas, tão grosso era o nevoeiro e curvilíneo o trajecto.

4 comentários:

  1. Foi desta, foi desta que ela foi andar de bicicleta :P

    ResponderEliminar
  2. Ness, acho imensa piada ao teu optimismo no que a actividades desportivas realizadas por mim diz respeito :)
    Tiro completamente ao lado :P

    ResponderEliminar
  3. Ahahahahaha. Ai o nevoeiro dos sentidos.

    ResponderEliminar
  4. Fulano, eu tive desculpa: estava hiper-sensível à luz matinal e estava de facto muito nevoeiro :P

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.