sexta-feira, 16 de novembro de 2012

O bom mau da fita

Bom filme para recordar as horas passadas em frente das máquinas de jogos no salão de jogos lá da vila-cidade-vila antes dos meus 20 anos. Eu era mais Tetris, mas uns flippers jogavam-se sempre. Já enfiar bolas coloridas nos buracos era o meu calcanhar de aquiles. Mas sempre serviram para alguma coisa.
Já o puto delirou com este filme, ao contrário das minhas expectativas. Passou o jantar todo com pauzinhos na mão a falar entusiasmadamente acerca do Ralph e da Vaneloppe.

6 comentários:

  1. Estou a começar a ficar desactualizada no que diz respeito a filmes de animação!
    Os putos crescem tão depressa...


    Bom fim de semana minha linda
    (^^)

    ResponderEliminar
  2. Afrodite, igualmente :)
    Os filmes de animação são eternos, mais cedo ou mais tarde aparecem na TV, nem que seja na época de Natal.
    O próximo que veremos - já está combinado - é "Origem dos Guardiões" :)

    ResponderEliminar
  3. Fico a imaginar o que a Disney não terá pago pelos direitos de tantas personages; só a sega e a nintendo, jasus!

    ResponderEliminar
  4. Catsone, eu não consigo ter uma noção do dinheiro que fazer um filme destes envolve; a minha definição de dinheiro não vai para lá dos 5 digitos (anuais).

    ResponderEliminar
  5. Que já nem é muito mau, convenhamos :D

    ResponderEliminar
  6. Catsone, tens toda a razão: enquanto assim continuar, não me posso queixar muito. Mas há de facto quantias em certas áreas profissionais que me ultrapassam.

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.