quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Tenho inveja do puto, a sério que tenho

O nosso descendente herdou, como é natural e expectável, características do pai e da mãe. Algumas das que ele não herdou da mãe e são marcantes da sua personalidade são a sua constante boa disposição, o seu bom humor, a sua capacidade de acordar quase sempre bem disposto e o entusiasmo que revela quando gosta de algo, mesmo que não seja prolongado no tempo. Gostava de ser assim, a sério que gostava.

11 comentários:

  1. Muda! Porque não tentas?

    Já tens uma fonte de inspiração.

    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Pérola, tens toda a razão quanto à fonte de inspiração. Já quanto ao mudar, acho que o mau feitio é mesmo crónico e tem tendência a piorar :P

    ResponderEliminar
  3. Espero que ele se mantenha assim para sempre. É tão bom...

    ResponderEliminar
  4. Vera, já somos duas. Ele é um querido, fofo, kutchi kutchi que sofre nas mãos da mãe :)

    ResponderEliminar
  5. "querido, fofo, kutchi kutchi" é o que lhe chamas à frente dos colegas qdo o deixas na escola? :-P

    ResponderEliminar
  6. Mana, também tens algumas qualidades embora de momento não me recordar de nenhuma...

    ResponderEliminar
  7. Ruquinho, por vários motivos, ele e os colegas não se cruzam quando eu o deixo na escola, por isso, mesmo que eu lhe chame isso ou outros nomes maternais, eles nunca me ouvem a tratá-lo assim :)

    Mano, eu recordo-te de uma qualidade minha: ao contrário de ti, tenho uma boa memória :P

    ResponderEliminar
  8. Aw que seja sempre assim :D *

    ResponderEliminar
  9. Parece que jogamos na mesma equipa: os meus herdaram essas características da mãe...

    ResponderEliminar
  10. Fica feliz por ele ser assim :)
    Apanhar o melhor de cada um de vocês nem sempre é fácil. :)

    ResponderEliminar
  11. Catsone, é preciso haver alguém que equilibre a balança das personalidades familiares. :)

    Pusinko, fico sim, e espero ficar enquanto durarmos. :)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.