quarta-feira, 23 de maio de 2012

Momentos "Marcelo de Sousa"

Tenho andado a frequentar uma actividade dinamizada por múltiplos intervenientes, relacionada com o conceito de "LEITURA". É quase como uma orgia, mas sem sexo: por vezes, estamos todos tão embrenhados no que dizemos e ouvimos dos outros e no que fazemos que nem vontade há para fazer uma pausa. Acontece que no início destas sessões tem havido aquilo que adianto no título: recomendações literárias que são do agrado da pessoa que sugere. E cada vez que a senhora sugere "isto e aquilo", para quando tivermos um tempinho ou se realmente nos interessarmos por questões neurológicas eu questiono-me: "Mas será que alguém, em período de férias, no seu perfeito juízo, vai ler isto?". Há gente para tudo. Mas nada destronará os meus policiais de férias. E por falar nisso, alguém sugere algo realmente fascinante?

2 comentários:

  1. Não olhes para mim... tenho-me sentido muito inculta ultimamente já que não me posso gabar de andar a ler nada de notável... (e sim, estou apenas a falar de livros, uma vez que não perco a leitura do teu blog!!) ;)

    ResponderEliminar
  2. O meu blog não é notável; é apenas um antro de disparates, como sabes. E eu gosto tanto dele assim. :)
    De qualquer modo, tenho esperança que alguém sugira algo do meu agrado. :)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.