segunda-feira, 14 de maio de 2012

Estaleiro em obras

Há qualquer coisa de irritante e simultaneamente atraente nos estaleiros em obras. Vemos as estruturas mecânicas a serem assentes para brevemente serem accionadas, os materiais a serem depositados pelos cantos, a obra a evoluir devagarinho, por vezes ao sabor de factores meteorológicos e financeiros, a mão-de-obra humana de capacete amarelo e coletes protectores e sinalizadores a demonstrarem que haverá obra feita. Sabemos que mais dia menos dia, mais ano, menos ano, o resultado será visível em obra, prima ou não vai alimentando a curiosidade de quem a visiona e de quem por ela passa. Faz os observadores imaginarem o que dali poderá sair. Por isto atrai.
Irrita quando, pouco tempo após o início dos trabalhos, colocam a tabuleta "Em obras", bem visível e perto das obras, daí a sua des-necessidade. E isto irrita, pah! Apetece dizer bem alto um "Foda-se!! Outra vez?!?!".

9 comentários:

  1. riquinho, o construtor14/05/12, 21:19

    :-P
    Sim, e vai ficar assim mesmo.
    Mas continuo no /blog

    ResponderEliminar
  2. Apetecia-me dirigir-te um impropério daqueles bem portugueses, mas aqui parece mal :P
    Ao menos amanda-me o relógio, sim?

    ResponderEliminar
  3. riquinho, o construtor14/05/12, 21:26

    http://digiweblog.com/antigos/erro/images/207.jpg

    :-)

    ResponderEliminar
  4. És um anjo encapuçado. Merci :)

    ResponderEliminar
  5. Engraçado, agora surgiu-me a dúvida...

    ResponderEliminar
  6. Aos gajos que usam capuz. Serão encapuzados?

    ResponderEliminar
  7. riquinho das-piadas-secas14/05/12, 22:42

    As duas formas são aceitáveis.
    A não ser que seja para roubar velhinhas indefesas :-P

    ResponderEliminar
  8. Imagina-me a dizer "ai senhor!!", enquanto abano a cabeça, olho para ti de lado e faço um jeito estranho com os lábios...

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.