segunda-feira, 9 de abril de 2012

Sermão pascoal

Então hoje lá chegámos a casa pouco antes da 1 da manhã, depois de um convívio bem passado, onde não faltaram comida, bebida e 8 crianças dos 18 meses aos 10 anos.  Acordámos todos (à excepção do meu progenitor) bem perto das 11, com pouca vontade de fazer o que o dia nos reserva. Mas lá pusemos mãos à obra. Estava eu a lavar a loiça do almoço e o meu progenitor a ajudar quando ele se sai com um raspanete, por ontem ter ficado à nossa espera até à meia-noite e não o termos avisado de que íamos chegar tarde. Já nenhum de nós tem propriamente 16 anos! Para que mais é que eu estarei guardada hoje, hein?

2 comentários:

  1. Oh, como te compreendo! Sempre que chove, o meu pai liga-me a avisar para ter cuidado com a condução. Pormenores relevantes: eu tenho quase 38 anos; no Inverno chove quase todos os dias. É preciso ter muitaaaa paciência!

    ResponderEliminar
  2. Julie, é bem verdade! E são teimosos que nem uma mula! E quando acordam com vontade de comprar um fogão novo, como foi o caso do meu na sexta-feira passada, e nada os consegue dissuadir de tal ideia nesse dia? Resultado: fogão novo lá em casa, que é usado apenas durante dois fins-de-semana / mês - que eu saiba! A não ser que ele tenha aprendido a cozinhas às escondidas e eu ainda não me apercebi de nada!

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.