terça-feira, 6 de março de 2012

O que eu me babo por um bom prato tipicamente português


10 comentários:

  1. Lambuzaste-te recentemente ou levaste com uma dessas merdas gourmet?

    ResponderEliminar
  2. Depeniquei uma destas coisas gourmet, porque me deixei levar pelo bom aspecto do local e o nome engraçado :)
    Nada como uma boa tasca!

    ResponderEliminar
  3. Qualquer vens ao Porto comer umas belas dumas tripas :P

    ResponderEliminar
  4. Ness, antes disso ainda tenho que comer a francesinha :P Mas como sabes, é um projecto sine die :P

    ResponderEliminar
  5. As tripas ao almoço, depois um passeio da Ribeira até à Foz por pedras sujas e gastas e lampiões tristes e sós e a francesinha ao jantar. Não te arrependerás :)

    (As pedras estão gastas mas não estão sujas e dos lampiões só os bremelhos estão tristes. O resto são os versos do nosso Tê)

    ResponderEliminar
  6. E depois quem anda piegas sou eu...pois, pois!
    Tu não achas que tripas e francesinha no mesmo dia dava cabo do meu estômago sensível?? Tás louco!

    ResponderEliminar
  7. Tripas e francesinha faz-me lembrar Edgar Allan Poe, n'"Os Crime da Rua Morgue" :-P

    Realmente... só mesmo uma civilização muito estranha dá esses nomes ao que vai comer... a não ser que, literalmente, vá comer a dita, como o Sarkozy :-P

    ResponderEliminar
  8. Para que não haja mal entendidos, não tenho intenções de comer nem uma nem outra tão cedo :P

    ResponderEliminar
  9. Normalmente há uma relação de proporcionalidade inversa entre o preço e a quantidade de comida...
    (que tal? ...)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.