segunda-feira, 12 de março de 2012

Mensagem subliminar, de interpretação ambígua


17 comentários:

  1. Isso é o governo português??
    Haja vacas, e quintas e farmville..o povo quer é muita diversão.

    ResponderEliminar
  2. AC, por acaso até podia ser, mas a minha intenção é bem mais marota que essa. :P

    ResponderEliminar
  3. Até acho que a AC acertou... pelo menos na parte da subliminar conjugação tetas/diversão :-P

    ResponderEliminar
  4. Ora, essa conjugação não tem nada de subliminar. É um dado adquirido, ou não? :P

    ResponderEliminar
  5. Acho que é preciso ser muito doentio para ter como adquirido que um úbere vacum se compara minimamente à zona torácica feminina :-)

    ResponderEliminar
  6. Mas aqui ainda ninguém, a não ser tu, falou em zonas toráccicas femininas. Ou os putos da aldeia peracaso não se divertirão a mugir vacas, hein?

    ResponderEliminar
  7. "Mugir vacas" parece-me igualmente algo desrespeitoso em relação às primas dos putos da aldeia :-P

    ResponderEliminar
  8. Bistes? Mais uma vez...ainda ninguém tinha falado em primas ou bois :P

    ResponderEliminar
  9. Estás a deturpar as minhas puras intenções :-P
    Entretanto estive a insultar o expresso :-P

    ResponderEliminar
  10. Mas oube lá, entre a diversão da AC e as minhas mamas (olha, isto não soou tão bem como parecia :-P ), onde é que tá a tal porra subliminar?

    ResponderEliminar
  11. Tu nunca tens puras intenções, caso não tenhas reparado :)
    Já li e já li o DO e estou farta de tantas mentiras deprimentes. É impossível confiar em alguém. Em
    ti, confio para certos assuntos :P

    Olha, alguém queria ver mamas, sim? Então eu mostrei um par delas. Também podia ser-te dirigido, pois já andas farto de ver das outras, segundo ouvi dizer :)

    ResponderEliminar
  12. Ah, que golpe baixo... :-P Sim, mas a "fartação" resume-se a gajos intelectualóides que publicam mamas alheias porque as únicas que alguma vez viram ao vivo foram as da mamã. Esse tipo de chamar a atenção para o vazio de ideias que se tem e pimba, espetar um par de mamas para dar um ar de erudição, isso sim, deprime-me.

    Quanto às mamas ao vivo ou àquelas disponíveis em , digamos, sites da especialidade, têm todo o meu apoio :-)

    ResponderEliminar
  13. És mauzinho! Tens milhares de leitores a provarem que ali não há qualquer vazio de ideias :P

    Concluindo, agrada-me que prefiras estas, mesmo este tasco não sendo da especialidade. (eu até ia escrever "as minhas", mas isso daria azo a mais ordinarices infundadas de tua parte :P)

    ResponderEliminar
  14. Tenho "milhares de leitores a provarem que ali não há qualquer vazio de ideias" a não ser quando se põem a falar de fotos que não tiraram, músicas que não compuseram, livros que não escreveram e de mamas que não tocaram :-P

    É claro que o autor original escapa. Os outros são só para encher chouriços :-)

    Bem, vou ter de ir ali e já não venho :-) Beijoca, hasta mañana

    ResponderEliminar
  15. Mas já no tempo do nosso amigo Z. (lembras-te ou não era da tua altura? era assim, apesar deste ter revelado possuir bastante mais sumo do que os colaboradores actuais. E ainda bem para o autor original que as coisas estão no pé em que estão. :)

    Vá, depois falamos.

    ResponderEliminar
  16. Que ricas tetas, digo... úbre de vaca!!
    Parece aquela vaca turina (ou frísia ou lá o que é) da Trofa que há dias ganhou um prémio qualquer.

    Ó rapariga, desambigua lá isso que eu hoje ainda não vi as notícias do dia!

    :P

    ResponderEliminar
  17. Minha querida Orquídea, este é o pior sítio onde possas vir e ver as notícias do dia. Pois se nem eu as vejo! Aqui é mais esponjas do mar e icarly e afins :)

    Mas acredita que já desambiguei ali num comentário de cima :)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.