domingo, 26 de fevereiro de 2012

Uncle, meet Bones

Esta é a Ossos, a antropologista forense com competências sociais mínimas que,
 
juntamente com o resto da equipa do laboratório,o psicólogo Sweets e o agente do FBI, Booth,
tem-me distraído durante longas horas nos últimos 5 ou 6 anos. Vai actualmente na temporada 7 e a Ossos apresenta-se barriguda e com todas as características inerentes a este estado de graça, sem negligenciar as características pessoais e profissionais a que me habituou: pragmática, profissionalmente excelente, consciente de tal e por isso vaidosa e arrogante q.b., ingénua e distante no que toca a relacionamentos pessoais e sociais.
A actriz, de seu nome Emily Deschanel,  esteve efectivamente grávida enquanto decorriam as gravações da temporada que agora passa por cá e pariu em Setembro de 2011.

6 comentários:

  1. Epá, esta série desculpa mas é super má demais.

    Sinto-me super estúpido sempre que vejo um episódio disto.

    ResponderEliminar
  2. Estou mesmo atrasado no tempo. O melhor é deixar de ver a RTP Memória...

    Quem será, será, o pai da criança? O tipo do FBI ou o psicólogo? Aposto que a personagem não quer saber para não introduzir perturbações sentimentais no processo de maternidade...

    ResponderEliminar
  3. Ska, discordo totalmente, mas lá está não sou cientista :P

    Tio, isso não é segredo: é o Booth e foi produção tradicional; toda a gente sabe disto. No último episódio que vi, a questão era a casa onde a família toda iria viver, se ao gosto (leia-se, de acordo com a bolsa) dela, se ao gosto dele, pois nenhum deles queria viver na casa actual do outro. :)

    ResponderEliminar
  4. Pseudo,
    Obrigado pela actualização. E pelo post também...

    A minha série de culto era o 24, mas já acabou...

    ResponderEliminar
  5. Tio, também gostava muito. Aliás, ainda tenho esperança que o mais-que-tudo me ofereça os episódios todos um destes dias. Tem feito parte da lista de prendas desejadas, no Natal...mas ainda não tive sorte.

    Corina, também eu! Adoro a maneira como eles se relacionam todos uns com os outros: tão profissional e ao mesmo tempo tão "friend-like".

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.