segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Este é o meu favorito de sempre!



Não gosto deles moles! Adoro-os duros, quase como se tivessem saído do frigorífico. Gosto de os trincar e lentamente saborear o chocolate que vai "castanhando" os meus dentes, à medida que o coco se intromete entre estes, fazendo-me passar a língua por eles, languidamente, prolongando este prazer de sabores a doce e a coco. Dou-lhe sempre trincas pequeninas, de modo a fazê-lo durar mais. Mas a vontade acaba por vencer e degusto-o gulosamente como se fosse o último à face da terra. Acabo sempre a lamber as beiças. E quando como um, apetece-me mais dois ou três logo a seguir. Sabe-me sempre a pouco, pois já há anos que o elegi como o pecado número um, no que a barritas de chocolate diz respeito.

Já agora, como é que caracterizariam o coco neste chocolate?

11 comentários:

  1. Bem que te lê de inicio nem pensa que falas de chocolate

    ResponderEliminar
  2. Utena, foi precisamente para evitar equívocos que coloquei a foto antes do texto :)

    ResponderEliminar
  3. Admira-me que o Bloga-mos ainda não tenha cá vindo comentar o facto de gostares deles duros, eheheh

    ResponderEliminar
  4. Julie, o meu Mano é bom mocinho e já conhece os meus gostos. Porque haveria de repetir algo que eu já escrevi? :P Além disso, já houve quem o fizesse, só que não foi publicado :)

    ResponderEliminar
  5. Se fosse encarnadinho e na ponta, diria que era a cereja no topo do bolo.
    Assim, sendo branco e estando no interior do dito, nem me atrevo a responder à tua pergunta.

    Mas...Posso dar uma dentadinha?

    Refiro-me ao chocolate, claro

    ResponderEliminar
  6. Bounty...também gosto muito deles, e dou-lhes umas valentes trincas, assim sem mais!

    ResponderEliminar
  7. AC, obrigada! Só tu me entendes, porque o resto da malta é o que se vê...heheheh
    São uma delícia!

    ResponderEliminar
  8. Tio, se lhe juntar um café, a revolta é mesmo nos meus intestinos :P

    ResponderEliminar
  9. Felizmente nunca senti esses efeitos, aapesar de ter sido um heavy user... Durante anos, o unico chocolate desse tipo que havia no bar da minha escola era o Bounty. Nem Mars, nem Twix, nem nada dessas modernices. Bounty, o anitgo, uma só barra!
    Do que me livrei...

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.