domingo, 8 de janeiro de 2012

Dúvida repentina após zapping nocturno

E se a comunicação social nacional decidisse fazer greve durante uma semana? Não estaríamos todos muito menos emprenhados?

12 comentários:

  1. Olha isso é que era... bora lá propor essa ideia?

    ResponderEliminar
  2. "Emprenhar pelos ouvidos"... olha outra expressão muito interessante!
    E a ligação deste post com o anterior é de mestre!
    Depois de andar a falar de chouriços até tem lógica falar a seguir em emprenhar... hehehehe

    (deixa-me deixar de dizer disparates senão amanhã tu ainda me bates!!)
    :)

    ResponderEliminar
  3. Orquídea, antes que mo perguntes: não, não estou :P

    Mas em 2 dias, seria a 3ª vez que a ideia veio à baila, por 3 pessoas diferentes.

    ResponderEliminar
  4. Ó melher... e achas mesmo que eu ia fazer-te isso??
    Nem isso me passou pela pinha, se queres saber!

    ResponderEliminar
  5. Ora, não seria ofensa nenhuma. E caso fosse verdade, eu não ficaria nada descontente, bem pelo contrário. :)

    ResponderEliminar
  6. Ia responder que não sofro dessas coisas, mas depois recordei-me de algumas picardias passadas e, certamente, futuras, e acho melhor dizer que me parece que entraríamos todos em pânico sem ter do que falar durante tanto tempo.

    ResponderEliminar
  7. Neste momento acho que nem precisamos da comunicação social para nos atirar areia para os olhos. Já estamos profissionais no assunto.

    ResponderEliminar
  8. Há que fazer o filtro da comunicação social. Ouvir tudo e reter apenas o que parece relevante e verdadeiro! Separar a parra da uva e o trigo do joio! E assim evitam-se as emprenhadelas.

    Mas tens razão, não é fácil!

    ResponderEliminar
  9. Ness, duvido que nos faltassem assunto para conversar. :)

    Patife, eu estou surpreendidíssima com o teu comentário. Tão sério e pertinente, nem parece teu :P

    Ted, houve quem dissesse que tinha 2 ouvidos e 1 boca. Por alguma razão deve ser :)

    ResponderEliminar
  10. O Manual do Utilizador09/01/12, 22:53

    Quem não quiser emprenhar da comunicação social nacional tem duas excelentes soluções:

    1- Carregas naquele botão que diz desligar, ou...

    2- Mudas para um daqueles canais de séries ou filmes ou música ou documentários ou... bem acho que já percebeste.

    ResponderEliminar
  11. Manual, isso é tão óbvio. Dahhh

    ResponderEliminar
  12. Parece-me uma ótima ideia :)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.