segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Pergunta singela às fêmeas que acompanham o blogue

Alguma de vocês estaria na disposição de partilhar o vosso número de telemóvel com o meu recentemente descoberto mano, Bloga-mos? É que assim eu herdaria a casa de família, enquanto ele se entretinha a pressionar números, a ver se a sorte lhe batia à porta. Coitado do rapaz...

Adenda:
Critério único: disponibilidade exclusiva para ele. Nada de maluqueiras com terceiros e terceiras, pois ele não é dessa laia...

36 comentários:

  1. Não é meu feitio corrigir ninguém (a não ser os putos que ensino) mas tu por acaso não te esqueceste de uma simples palavrinha na questão que colocaste? Falta lá a palavra "disponíveis".

    E sendo assim... nada feito! Não podes contar comigo para herdares as jóias, a casa e o carro...

    hehehe


    Beijinhos sua maluca!
    :)

    ResponderEliminar
  2. Eu sou grande apreciadora do sentido de humor do teu recentemente descoberto mano. Porém, estou a modos que apalavrada para outro. E se há característica que eu aprecio em mim é a fidelidade (característica que também aprecio no bacalhau).
    Mas palpita-me que ele não deve ter muita dificuldade em arranjar gajas...

    ResponderEliminar
  3. Pseudo, um rapaz com aquele sentido de humor precisa de quem o "alcovite" ??? (riso)
    E não há requisitos? É só estar disponível? Hum!!! Factor de selecção fraquinho, não achas?! ehehe

    ResponderEliminar
  4. Orquídea, tens razão! Aliás, foi critério por ele mencionado! Espero que ninguém se sinta constrangido por tal exigência.

    Julie, disso já não sei. Ele é um rapaz tímido que não fala das suas conquitas :) Mas um empurrãozito não lhe deve fazer muito mal...

    Biobloga, o que uma mana não faz por um mano recentemente descoberto! Isto de se ser de família delinhagem virtual tem muito que se lhe diga!
    Bem, aquele era o critério principal. O que se passa entre linhas telefónicas já não é da minha responsabilidade. Nunca ouviste dizer que entre telelés nunca se deve meter a colher? :)

    ResponderEliminar
  5. Temo que haja aqui um latente conflito familiar alimentado por senhoras damas bem fornecidas de achas para uma fogueira que estava já devidamente alimentada. Mana, vê lá isso...

    ResponderEliminar
  6. Mano, desenmerda-te com as gajas. Tás por tua conta, eu só quero a casa :P

    ResponderEliminar
  7. Siss, mesmo quando me davas porrada na incubadora nunca senti vontade de retribuir sempre que me tratavas por "coitado do rapaz". Não te esqueças...

    ResponderEliminar
  8. Mano, pronto, pronto, o mano hoje está sensível. Apresento as minhas desculpas tardias pelos pontapés dados entre 4 vidros.

    (mais uma dúvida esclarecida: não tinha a certeza de qual de nós seria o/a mais novo/a...)

    ResponderEliminar
  9. Ainda tens a mancha acastanhada na nalga esquerda?

    ResponderEliminar
  10. Não era nem nunca foi na nalga! Era uns centímetros acima da nádega esquerda, que entretanto esvaneceu-se...a mancha, não a nalga.
    Entretanto, apareceu outra mancha vermelha e preta...

    ResponderEliminar
  11. O tempo passa e com ele esvai-se a precisão, querida maninha. Estaremos a ficar velhotes?

    ResponderEliminar
  12. Maninho, sabes o que diz a nossa vovozinha, a tal que não é infoexcluída? "Velhotes são os trapos!"

    ResponderEliminar
  13. A vovozinha Natalina costuma dizer que só usa trapos para secar os corrimentos depois de mais uma sessão de sexo suado. Tão querida e inspiradora, um exemplo para todos...

    ResponderEliminar
  14. Eu acho que não devias expôr e vida agitada da vovozinha Natalina, principalmente esse aspecto dos corrimentos, tão normal em pessoas de idade avançada...

    (não sei onde as nossas cavaqueiras vão parar hoje, mas parece-me que o resultado não irá ser bonito de se ler)

    ResponderEliminar
  15. Os corrimentos da nossa vovozinha não estão relacionados com a sua idade mas antes com uma inexplicável actividade sexual na óptica do utilizador.
    Agora, bonito, bonito são os colhões a bater no pito - vovozinha dixit.

    ResponderEliminar
  16. Não estarás tu a ser mais língua de trapos do que ela, meu caro mano?

    ResponderEliminar
  17. Eu?! Ofendes-me, mana. E vou fazer queixa de ti...

    ResponderEliminar
  18. Queixinhas, pah! Ainda levas com a colher de pau pelo costado abaixo se te aproximas da vovozinha...hahaha

    ResponderEliminar
  19. A nossa vovozinha manda dizer se tens algum prurido em relação ao incesto. Não mates o mensageiro...

    ResponderEliminar
  20. Pois diz à vovozinha que, sendo pró-maluqueiras, sou contudo anti-incesto. Haja limites!

    ResponderEliminar
  21. "Diz-lhe que passou no teste, é mesmo das nossas".

    ResponderEliminar
  22. :)

    Não havia de passar?? O apelido da família nunca foi nem será Maia :P

    ResponderEliminar
  23. "Ainda por cima gosta de Eça. Deve ser um doce".

    ResponderEliminar
  24. Mana, maninha...entao filha? Amarga, tu? Proíbo-te.

    ResponderEliminar
  25. Epá, depois de tamanha troca de galhardetes, quem é a alminha que se dá à morte?

    ResponderEliminar
  26. Eu quase que estou disponível.
    Além disso vivo a saudáveis milhares de km, sendo portanto, com alegria que posso prestar assistência neste caso bicudo.
    Não sou propriamente conhecida por ser um doce de pessoa, e não quero causar males maiores no teu novel mano.
    SE houver uma emergência e precisares mesmo muito de uma casa Pseudo, podemos negociar.

    ResponderEliminar
  27. Mana, a Clara vai na frente da corrida para o acasalamento: vive num pais frio e está claramente, como o nome indica, necessitada de colo.

    ResponderEliminar
  28. Isso do "fêmeas" parece-me algo redutor... podes ter aqui leitores que não se importariam nada de coiso e tal com o coiso e tal do teu bro...

    ResponderEliminar
  29. Clara, estás longe também. Porque não tu? :P

    Pusinko, és uma querida. Não me esquecerei! :)

    Mano, dou-te todo o meu apoio!

    Ricman, ele é que pediu fêmeas. Por mim, podia ser paniscas à vontade, desde que não se metesse na minha vida. :)
    ("Paniscas" foi termo ouvido numa das aulas de hoje :)...os meus alunos são um espectáaaaaaaculo!)

    ResponderEliminar
  30. Mana, aquele Ric tem qualquer coisa estranha metida no corpo não tem?

    ResponderEliminar
  31. Mano, não sei.Nunca o vi mais gordo :)

    (Riquinho, agora desenrasca-te com o mano)

    ResponderEliminar
  32. Mesmo assim não achas que ele soa a modos que obstipado?
    Pusinko aproxima-se perigosamente da Clara. Prevejo um luta renhida. Keep up the good work, siss.

    ResponderEliminar
  33. Mano, a sério que não sei se a flora intestinal do riquinho, que prezo imensamente, funciona bem ou mal. :)

    Calma, que está prestes a sair novo pedido! 34 comentários já custam demasiado a ler!

    ResponderEliminar
  34. Não descanso enquanto não se bater aqui uma punh...perdão, um recorde.

    ResponderEliminar
  35. Eh lá! Já vou à frente?
    Há truques que resultam sempre: mostrar-se desinteressada ao macho, falar em luta renhida a uma femea!

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.