sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Os blogues são uma terapia

Depois de ler o último comentário do Ted, fica a minha opinião sobre os ditos cujos do título.
Há quem:
  • faça desporto
  • se queixe constantemente
  • leia e se cultive
  • atraiçoe a cara-metade
  • suje as unhas a fazer jardinagem
  • faça bricolage
  • fure paredes e chateie os vizinhos
  • compre desalmadamente como se não houvesse amanhã
  • actualize a conta do twitter
  • escreva poesia
  • viaje, de avião e sentado
  • cozinhe coisas deliciosas
  • coma que nem um alarve
  • desate a falar mal do próximo
  • pague para estar sentado a falar com especialista em ouvir
  • ...etc, etc, etc
Eu gosto de ler blogues, de me rir com eles, de actualizar o meu, de interagir convosco, de explanar algumas das minhas frustações aqui. Fica muito mais barato e é bem mais divertido do que pagar consultas de especialidade. E vocês, o que acham?

16 comentários:

  1. Concordo plenamente e pratico-o :D ( se dúvidas houvesse, bastava ver a lista "lateral" dos blogs que leio ;) )
    O teu faz-me sorrir bastas vezes e arranca-me risos frequentes :D

    ResponderEliminar
  2. E agora que a coisa flui naturalmente aqui no trabalho, em que tenho um cadinho de tempo para te visitar, fico feliz por ver um post influenciado por mim!

    E sim, concordo em absoluto contigo! Blogar é bom e eu gosto!

    ResponderEliminar
  3. Que nada como ler e escrever para poupar dinheiro em psicanálise

    ResponderEliminar
  4. Eu estou como tu. É mais fácil escrever, principalmente quando quem nos lê ( ou a maior parte dos que nos leem) não nos conhecem, é a minha terapia, e tantas vezes já me ajudou.

    ResponderEliminar
  5. Faço tudo o que listaste, incluindo o etc., etc. *menos* o atraiçoar a cara metade.

    E escrevo/leio blogues :-P

    ResponderEliminar
  6. Agora que voltei a ter tempo para viver (antes foi 1 sufocozinho) acumulei posts para ler.
    Como gosto de aparvalhar visito alguns blogs na mesma linha. A partir daí vai sendo cada vez mais sério ou de tema específicos, seja babyblog, seja crítica política (a qual, com humor, vai lá).
    Para mim é um escape absoluto do trabalho e stress. Só por isso, vou poupando em aluguer de divãs em salas alheias para me escutarem.

    ResponderEliminar
  7. Elucida-me, bricolage são trabalhos caseiros a três?

    ResponderEliminar
  8. Quando as postas são grandes, como é o caso, a minha parca literacia atira-me as vistas para a última frase. Consequentemente a resposta é: não acho.

    ResponderEliminar
  9. biobloga, fico bastante satisfeita por te fazer sorrir e rir; são ambos excelentes terapias de felicidade. :)

    Ted, somos 2 e muitos mais. :)

    Utena, sem dúvida. E nem sempre é necessário que seja num blogue. Achas que ainda há quem escreva diários à antiga?

    Maria, a mim também, acredita. :)

    Ricman, e tu lá tens jardim para sujares as unhas? :P

    Pusinko, já somos duas. Eu acho que já é vício mesmo. pelo menos, no meu caso...

    Ness, depende de quantas pessoas vivam na casa, não? (Tu, pah :P)

    Bloga-mos, o que é que tu não achas? (E despacha-te que tou de saída!)

    ResponderEliminar
  10. Concordo em absoluto e faço a mesma coisa. Também ia dizer que não atraiçoo a cara metade, mas o Ricman já disse. Vê-se quem são os homens. Olha,, também essa de sujar as unhas não me parece bem, e o queixar constantemente também não é coisa de gajo.
    O melhor é ter um blog e ler o teu, e outros...

    ResponderEliminar
  11. Tio, é isso mesmo que fazemos: temos um (ou 2, no meu caso :P) e lemos todos os outros tão ou mais giros do que o(s) nosso (s). :)

    ResponderEliminar
  12. Referes-te aos blogs ou às caras-metade?

    è porque quem ache que a comida da vizinha é sempre melhor...

    :-)))

    ResponderEliminar
  13. Que lista comprida.............
    Bolas, há mais coisas nessa lista que não faço do que as que realmente faço! (LOL)
    Confesso que algumas até devia fazer... (não, não me estou a referir áquilo que estás a pensar)... mas fazer o quê?! Nasci preguiçosa... por isso sempre é mais fácil , prático e barato ter um blogue!


    Beijocas e agasalha-te!

    ResponderEliminar
  14. Acredito que sim. Eu ando sempre com o notebook e com agenda e caneta

    ResponderEliminar
  15. Tio, eu tenho uma cara-metade e dois blogues, um deles algo abandonado vai p'ra dois anos. E tu? :)...Quanto à comida, não me custa acreditar que a da vizinha seja melhor. A minha é péssima e sempre assumi que detesto cozinhar.

    Orquídea, daquela lista toda eu tb só faço 3 ou 4 coisas, aquelas de "senhora gaja". :)

    Utena, eu ainda guardo o meu, bem escondidinho dos meus pais, de quando tinha 13 /14 anos. Escrevi cada anormalidade que ...enfim...

    ResponderEliminar
  16. Pseudo,
    Eu estou igual em blogues e caras metade. 2-1, ganham os blogs.
    E nos abandonos.

    E a comida é um bocadinho como o cinema. Mais vale uma história menos boa contada por um bom realizador, do que o contrário.

    Ou como a música. O mau instrumentista estraga a peça e ouvi-lo é um pavor. O bom instrumentista toca qualquer coisa bem...

    Por isso ao contrário dos blogs, no que respeita a comidas, sair de casa dá muitas vezes asneira...

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.