terça-feira, 13 de dezembro de 2011

1 - Uma flor para outra flor



Pudesse eu oferecer-te uma rosa,
Vermelha, branca, amarela.
Acompanhada de simples prosa,
E uma carta à antiga, singela.

Fico-me pelos girassóis,
Tal como Van Gogh os pintou.
Para a próxima, serão rissóis
E fica a questão: "Quem os cozinhou?"

Orquídea Selvagem de sua graça.
Gosta de escrever, comer e ...ler!
De Carcavelos ou de Alcobaça?
É algo que nunca vamos saber!


7 comentários:

  1. E Ela merece mesmo!

    Subscrevo humildemente esta homenagem a tão especial bloguer e pessoa!

    Beijinho para as duas, Orquídea e Pseudo **

    ResponderEliminar
  2. Está muito giro...Tá visto que a menina também tem talento para a poesia...

    A Orquídea é muito generosa, simpática e sensível...:)

    ResponderEliminar
  3. Olha, olha, olha-me esta agora, afinal sempre saiu poema! Ainda te hei-de ver a comer a dita cá na terra :P

    ResponderEliminar
  4. Estou sem palavras...

    Sempre me deste um presente em rimas... estão maravilhosas!!!

    Olha que não escapas e um dia destes vamos mesmo aos rissóis!!

    Ó rapariga, de Carcavelos? Alcobaça!?
    Parece que vou ter de te fazer um mapa!!!

    Obrigada pelos girassóis! Não sei se sabes... mas a minha cor favorita é o amarelo!

    Beijos em prosa... :)

    ResponderEliminar
  5. Confuskos, obrigada. :) A tua vez há-de chegar:P

    AC, não tenho não, nem gosto. Simplesmente, de vez em quando saem umas quadras engraçadas. Mas não sei fazer mais do que isto. Con cordo com o que dizes sobre a O. Q. :)

    Ness, estás com inveja, é? Espera sentado e vai sonhando enquanto esperas :P

    Orquídea, Alcobaça, graça...foi a primeira coisa que me veio à cabeça. Não sei se sabes, mas os girassóis são a minha flor favorita :)

    ResponderEliminar
  6. A Orquídea é linda e merece! :)

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.