domingo, 16 de outubro de 2011

Perdoem-me, sim? Mas isto não me sai da cabeça!

Deixei Tudo Por Ela

Zé Cabra


Deixei tudo por ela, deixei, deixei

Deixei tudo por ela, eu sei, eu sei

Deixei a minha vida tão bonita e singela

Deixei tudo o que tinha, deixei tudo por ela

(bis)



Deixei de ir ao cinema, deixei de ir ao futebol

Deixei de ir à praia, deixei de ver o sol

Deixei de me divertir, porque ... também

Deixei ... porque ela achava bem

(este homem não existe!)

4 comentários:

  1. Agora sim, vieram-me lágrimas aos olhos... ah, desculpa, eram gases.

    ResponderEliminar
  2. É, tu e O Gajo faziam uma bela parelha :P

    (que belas confusões se arranjaram à custa dele!!)

    ResponderEliminar
  3. Alguém terá deixado de tomar as santas gotas hoje, não?

    ResponderEliminar
  4. Catsone, de certeza que sim. Mas garanto-te que não fui eu :P

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.