segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A primeira vez

...que o meu pai foi ao McDonalds foi hoje ao almoço.
Ele fará 71 anos brevemente, no mesmo dia em que eu farei 39. Eu tenho a quem sair quando digo que sou boa boca, pois gosto de comer, tal como ele. E só não como mais porque o estômago não deixa. Adiante...
Com quase 70 anos, o meu pai lambuzava os dedos depois de comer aquelas batatas fritas salgadíssimas e de molhar os nuggets no molho agri-doce, que fez acompanhar com a bela da imperial. Até gostou do hambúrguer& companhia, mas, tal como eu, não troca um belo dum arroz de miúdos do Pompeu por estas modernices que só fazem mal!

3 comentários:

  1. Também não troco um bom petisco tuga por essas coisas de plástico a que, agora, chamam comida.

    ResponderEliminar
  2. É assim mesmo =) é um homem aberto a novos sabores... mas nada como a nossa deliciosa comidinha

    ResponderEliminar
  3. Vivi perto de um MacDonalds durante quase um ano. Enjoei, fiz uma cruz em cima! Nada como comida caseira, e eu que sou do norte (sem querer rebaixar outra zona qualquer do país) cresci na cultura da "mesa farta". :) come-se muito bem no nosso País. Acho que é a das coisas que mais sinto falta quando viajo...ah e do sol!

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.