segunda-feira, 11 de julho de 2011

Há dias de formiguinha

Uma das coisas que sinto quando vou à varanda do meu 9ºandar localizado numa zona de prédios de habitação bastante densa é a de que eu sou apenas mais uma formiguinha pequena dentro duma pequena fracção dum casulo enorme, na companhia de outras formiguinhas pequenas como eu. Hoje, da minha fracção, o meu olhar voyeurista focou-se num formiguinho a tocar acordeão no 7ºandar do casulo em frente. Momento estranho, pois eu não associo acordeões a grandes cidades. De qualquer modo, pôs-me a pensar se do prédio em frente também me observam enquanto eu deambulo pela casa, às vezes em trajes menos decentes.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.