terça-feira, 21 de junho de 2011

Foi giro, deu para rir...até a mim, que também chorei de tão embaraçada

Eu não sei reagir quando cometo gaffes em público. E como sei que não sei reagir duma maneira que me deixe menos mal, reajo sempre da pior maneira:

Eu, a olhar para a grande e redonda barriga dela e a sorrir: "Então? Vai a caminho do 4º filho? Parabéns! Gabo-lhe a coragem."
Ela, meia séria, meia divertida, responde naturalmente: "Mas eu não estou à espera do 4º filho."
Eu, ainda pouco convencida e com cara de parva e a sentir-me a enrubescer: "Ai não? Está mesmo assim gordinha?"
Ela, cada vez mais divertida com o meu embaraço e sempre a sorrir: "Não precisa de ficar tão atrapalhada!"
Eu, já meio a rir, meio a lacrimejar de tão envergonhada me sentia: "Pois, desculpe, é que parece mesmo."...e não é que toco mesmo na barriga dela para confirmar?

(Se houvesse um buraco ali mesmo, enfiava-me lá! E a outra que ouviu a conversa toda escangalhou-se a rir na minha cara!)

5 comentários:

  1. Para mim que sou man não percebo a diferença entre a barriga de um primeiro e de um quarto filho. LOL.

    ResponderEliminar
  2. Os três filhos da senhora, que é bastante jovem, talvez mais do que eu que tenho 38, andam na mesma escola do meu. Eu olhei hoje para a pancinha dela e assumi, erradamente, que vinha o 4º a caminho. É que estava mesmo redondinha, gira :)

    ResponderEliminar
  3. Ness, eu escrevi sujeitam22/06/11, 10:24

    Eu também faço coisas dessas, quando penso no que disse, já saiu :) Não há como disfarçar :)

    São coisas a que se sujeitam as pessoas que adiam constantemente a inscrição no ginásio :P

    ResponderEliminar
  4. Ness, garanto-te que ela está mais necessitada dessa inscrição do que eu :P...apesar de continuar gira :)

    ResponderEliminar
  5. Adorei o toque final de lhe tocar na barriga. Ó meu Deus! AHAHAHAHAH

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.