terça-feira, 17 de maio de 2011

Surprise, surprise!

Chegar ao carro, após este estar estacionado 4 horas no sítio habitual, e deparar com uma amolgadela de todo o tamanho e riscos não só na pintura como no fecho da porta - amolgadela essa que afectou não só o abrir e fechar da mesma, como também o sobe e desce do vidro eléctrico do lado do condutor - faz qualquer uma não-minhota, como eu, dizer caralhadas em voz alta no meio da rua - coisa que fiz, sozinha, enquanto rodeava a viatura à procura de mais equizemas. Não é que o c***** da pessoa que fez esta m**** não deixou nada? É esta falta de honestidade que me deixa furibunda! Eu teria deixado o meu contacto, mesmo correndo o risco de ser chamada de otária.
Amanhã de manhã, em vez de me dirigir ao local habitual das minhas manhãs, vou ter que ir em sentido contrário e visitar o simpático que me costuma atender por aquelas bandas. Sim, aquele que no final apresenta sempre as contas astronómicas!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.