terça-feira, 12 de abril de 2011

Punham ou não punham a boca no trombone?

Situação 1: À porta do prédio, uma senhora descarrega sacos de compras desde o carro que está estacionado perto. Ela apercebe-se de 2 homens, um dentro de um carro, outro no passeio, que a olham enquanto ela faz o que tem a fazer. Quando abre a porta de entrada do prédio, repara que tem dois botões da blusa abertos, que deixam à vista parte das suas protuberâncias femininas. Se fossem um dos homens, avisavam ou continuavam a pasmar?

Situação 2: Uma senhora regressa a casa pelo seu percurso habitual, a pé. Passa por um transeunte em mangas de camisa e calças de ganga. Ela repara que, da braguilha do homem, há um bocado de tecido azul bebé que destoa do azul das calças de ganga. Se fossem essa senhora, avisavam o transeunte ou continuavam a andar?

Situação 3: Uma senhora e o seu filho andam e conversam animadamente pelo passeio, de regresso a casa. Passa por eles um rapaz que aparenta ser da mesma idade do filho, vestido com calças de ganga que têm o fecho aberto e o botão aparentemente apertado. Se fossem a senhora ou o seu filho, falavam com o miúdo ou continuavam na amena cavaqueira, comentando a situação apenas entre si?

1 comentário:

  1. O que colocaria mais em cheque os visados? Mesmo com toda a delicadeza do mundo chamar-lhes a atenção para isso, sabendo eles que nós tínhamos visto e podendo ser isso motivo de embaraço, ou deixá-los na dúvida ao fim do dia sobre quem teria ou não visto?

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.