segunda-feira, 18 de abril de 2011

A passarinha, o mariquinhas intelectual e o bon vivant pai de família


Promete mais do que de facto dá. Valeu pelo colorido, pela boa disposição, pela súbita vontade que me deu de visitar o Rio de Janeiro e pela fórmula que resulta sempre: a aventureira destemida a render-se aos encantos duma distraída fofinha "arara da mamã".

7 comentários:

  1. Concordo, acrescentando apenas que achei a passarinha sobrevalorizada.

    ResponderEliminar
  2. Mau!!! As passarinhas nunca são sobrevalorizadas!!

    ResponderEliminar
  3. "Hádes" perceber muito de observação de pássaros :p

    gajo

    ResponderEliminar
  4. Olha, por qualquer razão apareceu o meu nome em cima; bem, o quee eu queria dizer ali era "ornitologia", mas a palavra "havera-se-me" escafedido.

    ResponderEliminar
  5. Eu percebi que eras tu e a palavra aparece no filme :P

    E para que fiques ciente, percebo mais do que aquilo que tu possas pensar :) Um dia surpreendo-te :P

    ResponderEliminar
  6. Acredito. Nesse campo ornitológico sou facilmente surpreendido em tudo o que vá para além de frango assado :P

    ResponderEliminar
  7. Tens que provar um galo que servem aqui na minha santa terrinha. É "daqui"!!!

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.