quinta-feira, 28 de abril de 2011

Da insatisfação capilar


Esta não sou eu. Mas bem que podia ser eu neste momento. A foto serve apenas para ilustrar o quão  eu gosto de contrariar a minha natureza capilar. Tenho cabelos compridos naturalmente ondulados, algo encaracolados nas pontas, a ponto de formarem cachos por onde se pode enfiar à vontade o dedo indicador. É frequente fazerem-me isso cá em casa, aliás.
Uma vez por mês pinto os cabelos de preto, para disfarçar as brancas que teimam em aparecer em quantidade crescente, directamente proporcional à passagem do tempo. Uma vez por mês peço para esticarem os meus caracóis. O novo "look" dura 3 ou 4 dias,  com pena minha. Não consigo ser cabeleireira de mim própria.
Gosto da mudança mensal, gostam da minha mudança mensal. Faz-me bem.

4 comentários:

  1. Oi, só para te avisar que deves ter misturado dois posts: estavas a falar de cabelo e de repente aparece algo como "por onde se pode enfiar à vontade o dedo indicador. É frequente fazerem-me isso cá em casa, aliás." :p

    ResponderEliminar
  2. A minha irmã tb tem os cabelos aos cachos. Mas como é minha irmã não lhe enfio o dedo indicador. O ricman tem razão. Andas aí com uns pensamentos subliminares.

    ResponderEliminar
  3. Desculpem lá, mas vocês os dois é que têm pensamentos íntimo-depravados. Quando escrevi tal coisa, de interpretação dúbia, pelos vistos, apenas visualizei o que o meu filho costuma fazer, que é precisamente brincar com os meus cachitos capilares. Daí até ao que vocês sugerem vai um passo gigantesco!

    ResponderEliminar
  4. http://www.youtube.com/watch?v=cOJCK_wgg0A&feature=related

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.