segunda-feira, 11 de abril de 2011

Corpinho de verão versus corpinho de inverno

O meu parece-me igual durante as 2 estações e, como já afirmei, é assim que gosto dele.
Não sou de fazer sacrifícios alimentares, a não ser que este consista em conduzir mais de 300 km para ir comer uma Posta à Mirandesa, à "Gabriela", em Sendim (Miranda do Douro). Não seria a primeira vez...
Noto que... sim, a idade pesa, a pele alarga, mas não o suficiente para me deixar obcecada e tresloucada com dietas milagrosas. Admiro quem faz exercício regularmente, com vontade, por gosto. Eu gostava de ser assim, de sentir essa vontade louca de sair porta fora e dar umas corridinhas ali ao Continente e voltar. Mas não consigo, não me apetece, não preciso. E sou muito casmurra! Vai daí, irei para a praia com o mesmo corpinho de verão e de inverno do ano passado. E quem não gostar, que não olhe! Há "lá" muito por onde olhar.

E pronto, hoje deve ser só isto...

3 comentários:

  1. o gajo que ta aqui ta a apanhar11/04/11, 22:46

    Quem não deve achar muita graça é o teu marido: o gajo podia ter pelo menos dois corpinhos diferentes e está encalhado sempre com o mesmo :p

    ResponderEliminar
  2. Eu & ele estamos quites :)

    ResponderEliminar
  3. Eu tb n tenho dois corpinhos. M gosto de estar satisfeito cmg o tempo td. E isso continua a obrigar a vários sacrifícios. É uma merda. :-P

    ResponderEliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.